F1

Ricciardo é desclassificado por irregularidade técnica e perde segundo lugar na Austrália

A FIA constatou uma irregularidade no fluxo de combustível do carro #3 de Daniel Ricciardo, e os comissários desportivos desclassificaram o australiano da primeira corrida da temporada
Warm Up / RENAN DO COUTO, de São Paulo
 Os estreantes em pódio: Ricciardo e Magnussen (Foto: Getty Images)

LEITOR DO GRANDE PRÊMIO TEM PREÇO ESPECIAL: viaje para Mônaco e acompanhe o GP mais tradicional do Mundial da F1 com a AMK VIAGENS. Veja aqui
Foto: Mais uma novidade nesta semana de início da F1: leitor/seguidor do GRANDE PRÊMIO tem preço especial na compra dos pacotes com a AMK Viagens. Já pensou em ir para Mônaco e acompanhar essa F1 imprevisível no glamour do Principado? Dica de amigo: dá uma olhadinha, fala com os amigos e entra em contato com o Edgar Efeiche para uma viagem em alta velocidade: http://www.amkviagens.com.br/2011/index.php/terrestres_internacionais/ver/104


Durou pouco a alegria de Daniel Ricciardo pelo primeiro pódio da carreira na F1 e em frente ao seu grande público. O piloto, segundo colocado no GP da Austrália deste domingo (16), foi desclassificado após a inspeção técnica por “exceder consistentemente” o limite de fluxo de combustível de 100 kg/h.

Tentando se livrar de punição, a Red Bull alegou que o fluxômetro não funcionou como deveria, justificativa que não foi aceita pelos comissários.

A peça, aliás, fora trocada pelo time com o carro em regime de Parque Fechado após o treino classificatório, de acordo com o relatório do delegado técnico da FIA, Jo Bauer.

Daniel Ricciardo perdeu o segundo lugar em Melbourne (Foto: Getty Images)


Durante o fim de semana em Melbourne, a FIA analisou dados coletados nos treinos livres e modificou a regra que regulamenta essa questão. A frequência permitida pela entidade foi reduzida pela metade, de 10 Hz para 5 Hz. Após o terceiro treino livre, vários pilotos tiveram um fluxo de combustível considerado elevado pela entidade.

Ricciardo largou na segunda posição e se manteve nela durante toda a corrida em Melbourne. Nas voltas finais, ele precisou segurar os ataques de Kevin Magnussen, e não permitiu a aproximação e a ultrapassagem do dinamarquês.

O curioso é que, logo após a única relargada da prova, ouviu pelo rádio que não precisaria mais se preocupar com o consumo de combustível – o período atrás do safety-car permitiu que fosse economizada uma quantidade suficiente de gasolina para concluir o GP.

Sem Ricciardo na segunda posição, a Red Bull termina uma corrida sem marcar pontos pela primeira vez desde o GP da Itália de 2012.

GRANDE PRÊMIO EUROBIKE: mostre que você sabe tudo de F1



F1, GP da Austrália, Melbourne, final: 

1 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:32:58.710 56 voltas
2 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN McLAREN MERCEDES +26.777  
3 22 JENSON BUTTON ING McLAREN MERCEDES +30.027  
4 14 FERNANDO ALONSO ESP FERRARI +35.284  
5 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES +47.639  
6 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES +50.718  
7 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI +57.675  
8 25 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA TORO ROSSO RENAULT +1:00.441  
9 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO RENAULT +1:03.585  
10 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES +1:25.916  
11 99 ADRIAN SUTIL ALE SAUBER FERRARI +1 volta  
12 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX SAUBER FERRARI +1 volta  
13 4 MAX CHILTON ING MARUSSIA FERRARI +2 voltas  
  17 JULES BIANCHI FRA MARUSSIA FERRARI +8 voltas  
  8 ROMAIN GROSJEAN FRA LOTUS RENAULT   NC
  13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS RENAULT   NC
  9 MARCUS ERICSSON SUE CATERHAM RENAULT   NC
  1 SEBASTIAN VETTEL ALE RED BULL RENAULT   NC
  44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES   NC
  19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES   NC
  10 KAMUI KOBAYASHI JAP CATERHAM RENAULT   NC
DSC 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL RENAULT   NC
               
MELHOR VOLTA NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:32.478 volta 19
               
RECORDE SEBASTIAN VETTEL ALE RED BULL RENAULT RB7 1:23.529 26/03/2011
MELHOR VOLTA  MICHAEL SCHUMACHER ALE FERRARI F2004 1:24.125 07/03/2004