Ricciardo escancara frustração por problemas na Austrália, mas avisa: “Ainda posso ganhar 19 provas”

Daniel Ricciardo ficou bem chateado por não ter conseguido um bom resultado na corrida de casa, na Austrália, mas mostrou-se confiante para o que resta da temporada 2017 da F1

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Daniel Ricciardo foi uma das maiores decepções do final de semana de estreia da temporada 2017 da F1. Dono da casa, o australiano em momento algum deu esperanças de um bom resultado para os compatriotas e, neste domingo (26), teve mais dois problemas que o fizeram abandonar a corrida: o primeiro antes da prova, que o fez já largar sendo retardatário, e o segundo na parte final.

 
O piloto da Red Bull se mostrou bem desapontado por não ter conseguido viver um bom fim de semana na corrida de seu país, mas lembrou que os problemas começaram com o erro que cometeu na classificação, quando bateu no início do Q3.
 
"O mais frustrante de tudo foi ter acontecido isso comigo na minha corrida de casa. Não consigo culpar nada além do erro que eu cometi na classificação. Tive um problema na volta de aquecimento e outro diferente na corrida. Eu espero que seja só azar", disse.
Daniel Ricciardo teve um final de semana muito ruim (Foto: Red Bull Content Pool)
Ricciardo manteve a confiança na equipe e até falou que ainda tem chances de vencer nas 19 corridas que faltam. O australiano só espera que os austríacos solucionem rapidamente os problemas que o carro vem apresentado desde a pré-temporada em Barcelona.
 
"Ainda posso ganhar 19 corridas e é esse o plano. Acho que o carro é melhor do que nós temos apresentado, mas estamos meio que metidos em um quebra-cabeças. Espero que a gente encontre um ritmo melhor logo. E vamos ver o que acontece na China", completou.
 

O GRANDE PRÊMIO transmite todas as atividades do GP da Austrália de F1 neste fim de semana. Acompanhe tudo AO VIVO e em TEMPO REAL, com a estreia do livetiming.

 

A PRÉVIA DE ABERTURA DAS TEMPORADAS DE F1 E MOTOGP: TUDO AQUI 

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube