Ricciardo pede “bom senso” dos comissários para avaliar excesso de velocidade sob bandeira vermelha

Daniel Ricciardo, punido em Melbourne por não respeitar bandeiras vermelhas, entrou no debate acerca da punição de Sebastian Vettel em Austin. O australiano acredita que uma reprimenda seria mais justa do que perder posições no grid

Antes de Sebastian Vettel no fim de semana do GP dos Estados Unidos, Daniel Ricciardo já havia sofrido com o excesso de velocidade durante regime de bandeira vermelha. No já distante GP da Austrália, o piloto da Red Bull perdeu três posições no grid por não voltar aos boxes em velocidade baixa o suficiente. Apesar de comemorar que as duas infrações tenham sido punidas da mesma forma, o australiano pondera: perder posições no grid por tal erro parece um exagero.
 
“Assim como a minha, essa [bandeira vermelha] não foi por causa de um carro na pista”, disse Ricciardo, fazendo referência ao lance de Vettel. Não havia perigo, já que eu acho era uma questão de caixa de brita, então um pouco de bom senso deveria prevalecer. Mas, sendo justo, os comissários pensaram ‘nós punimos o Ricciardo no começo do ano, então é injusto com ele não dar uma para você [Vettel] agora, já que fez praticamente a mesma coisa’. De certa forma, aplaudo os comissários por isso. Mas, de forma geral, nenhum de nós deveria ser punido por coisas assim. A gente não deve exceder limites de velocidades, mas não é como se alguém estivesse capotado na pista. É outra história”, continuou.
 
O erro de Vettel aconteceu no primeiro treino livre em Austin. Charles Leclerc rodou na saída da curva oito e, quando voltou para a pista, acabou deixando detritos da brita no traçado já castigado pela chuva. A direção de prova acionou a bandeira vermelha, permitindo a limpeza do asfalto.
Daniel Ricciardo não concorda com a punição dada a Sebastian Vettel (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

“No meu caso, eu simplesmente me esqueci da regra [de bandeira vermelha]. Eu tirei o pé, mas esqueci que você precisa seguir um delta. Eu estava devagar ao ponto que achava seguro, mas não estava abaixo do delta de tempo. Tive a intenção certa, mas essa é a regra. Para mim, a questão é a punição. Talvez fosse o caso de ser só uma reprimenda, não sei”, encerrou. 

 
A punição de Vettel foi o primeiro passo para deixar escapar a vitória nos Estados Unidos. O alemão foi o segundo melhor na classificação e, assim, largou em quinto. Querendo se recuperar o mais rápido possível, Sebastian causou um incidente com o próprio Ricciardo na primeira volta, caindo para 15º antes de cruzar a linha de chegada em quarto.
GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do México de F1 neste fim de semana com a repórter Evelyn Guimarães.
 
E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube