Ricciardo ressalta clima, torce por mais chuva e diz que quinto lugar no grid “não é ruim”

Daniel Ricciardo destacou chuva como dificuldade, mas espera que ela continue para a corrida, já que ritmo da Mercedes no seco foi muito forte

A cobertura completa do GP da Malásia no GRANDE PRÊMIO
As imagens do sábado da F1 na Malásia
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

O quinto lugar na classificação em Sepang não tirou o sorriso do rosto de Daniel Ricciardo. Desclassificado no GP da Austrália, onde terminara com a segunda posição, o australiano marcou o quinto tempo mais rápido na pista molhada da Malásia, e vai sair em boas condições de conseguir os primeiros pontos como piloto da Red Bull.
 
Ricciardo andou mais de um segundo atrás do companheiro Sebastian Vettel, o que levantou a curiosidade do rubro-taurino de primeira viagem.
Daniel Ricciardo e o spray no traçado malaio (Foto: Getty Images)
"Sebastian ficou bem à minha frente, tenho de descobrir aonde posso melhorar, já que o ritmo dele foi muito forte. Eu estava atrás no Q3, tinha que entender o motivo. De qualquer forma, acho que o top cinco não é ruim, considerando as condições. Acho que temos uma boa chance no molhado. A Mercedes estava bem rápido cedo no seco, então, seria bom se chovesse também amanhã", analisou.

O australiano seguiu a linha dos outros pilotos e destacou o clima como o fator principal do desempenho no treino de classificação.
 
"Quando chove aqui, chove muito. O clima foi nosso maior desafio hoje. Encontrar espaço na pista estava complicado, e a visibilidade estava tão ruim que o spray vinha de centenas de metros de distância. Então, conseguir um caminho limpo é algo em que devemos trabalhar", encerrou Ricciardo. 

O GP da Malásia inicia às 5h do domingo, com acompanhamento em tempo real do GRANDE PRÊMIO.

'TOP GEAR BARBADOS' com LEWIS HAMILTON e o GRANDE PRÊMIO

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube