F1

Ricciardo se diz “puto” por nova falha no motor no Japão e admite: “É difícil seguir em frente”

Daniel Ricciardo teve um ataque de fúria ao deixar o carro da Red Bull após mais uma falha no motor na classificação do GP do Japão. O australiano admitiu que não está fácil se manter motivado

Warm Up / GABRIEL CURTY, de São Paulo
Daniel Ricciardo teve mais um grande revés neste sábado (6) no Japão. Durante o Q2, o australiano voltou a ter problemas no motor e deixou o carro extremamente irritado, gritando muito. Pouco depois, explicou que estava com muita raiva e que espera uma corrida muito complicada. 
 
Ricciardo, que viu o companheiro Max Verstappen em terceiro no grid, estava muito frustrado na entrevista. O australiano sai em 15º se não tomar uma nova punição.
Daniel Ricciardo saiu irado do carro após nova quebra (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
"Eu estourei minhas cordas vocais gritando de raiva ali. Estou puto. Senti que tinha perdido potência antes da última curva e aí já abri a volta assim. Já deu para ver ali que era algo terminal mesmo no motor", disse.
 
O piloto do #3 lamentou a posição ingrata no grid e admitiu que está complicado seguir com a cabeça em pé.
 
"A classificação é muito importante aqui, como sempre. É complicado seguir, mas vou tentar o que eu puder. Não sei o que dizer, é bem doloroso", completou.
 
A largada do GP do Japão está marcada para 2h10 (horário de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.