carregando
F1

Rosberg comanda dobradinha da Mercedes em primeiro treino livre morno na Áustria. Massa põe Williams em quarto lugar

Nico Rosberg e a Mercedes deixaram claro que novamente devem viver um fim de semana de domínio. A equipe e seus dois pilotos comandaram o primeiro treino livre na Áustria nesta sexta-feira (20). Felipe Massa foi o quarto colocado

Warm Up, de Spielberg / EVELYN GUIMARÃES, de Spielberg
A cobertura completa do GP da Áustria no GRANDE PRÊMIO
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana
As imagens desta quinta-feira de F1 na Áustria

Nem a chuva fina que atingiu o Red Bull Ring serviu para atrapalhar a Mercedes nesta manhã de sexta-feira (20). Nico Rosberg e Lewis Hamilton não tiveram problemas para comandar o primeiro treino livre para o GP da Áustria. E o alemão foi o mais rápido da dupla, mostrando que a luta pelo título está cada vez mais acirrada entre os dois companheiros. Na ponta da tabela, apenas 0s140 separaram os dois pilotos.

Em um dia dedicado mais ao reconhecimento do terreno, Fernando Alonso conseguiu algum brilho com a Ferrari ao terminar a sessão em terceiro, a 0s3 de Rosberg. Felipe Massa foi outro que mostrou bom desempenho ao longo da 1h30 de atividades e fechou os trabalhos matutinos em quarto, à frente de Jenson Button, que evidenciou certa melhora da McLaren.

Continuando a boa fase da Force India, Sergio Pérez foi o sexto, seguido pelo companheiro Nico Hülkenberg, Valtteri Bottas, Kevin Magnussen e Jean-Éric Vergne. A sessão ainda foi marcada por uma rodada espetacular de Sebastian Vettel na meia hora final. O alemão, embora não tenha danificado o carro, terminou o treino apenas em 15º.
Nico Rosberg foi o mais veloz da manhã na Áustria (Foto: Getty Images)
Confira como foi o primeiro treino livre da F1 na Áustria nesta sexta-feira

Logo que a luz no fim do pit-lane mudou para o verde, todo mundo tratou de ir de uma vez ao traçado do Red Bull Ring. Felipe Massa foi o primeiro a deixar os boxes e puxar a fila no pit-lane. O bom público nas arquibancadas ainda aplaudiu muito a passagem de Sebastian Vettel, um dos últimos a sair para a pista. Como de costume, as primeiras voltas foram apenas para a verificação dos sistemas.

Porém, ao contrário do geralmente acontece, o cronômetro foi acionado mais cedo no circuito austríaco. E o responsável foi Lewis Hamilton, que iniciou sua sequência de voltas em 1min18s702. Marca ainda inexpressiva. Então, coube a Nico Rosberg indicar o caminho ao virar 1min15s162.

No giro seguinte, o líder do campeonato já passou na casa de 1min14s, para logo em seguida baixar para 1min13s261. Hamilton se posicionou em segundo, 0s247 mais lento que o colega de Mercedes. Nestes primeiros minutos, apenas os dois registravam voltas cronometradas. Fernando Alonso, Marcus Ericsson e Kimi Räikkönen apenas rodavam pelo circuito.

Aí Ericsson cansou das voltas de instalação e assinalou 1min21s062 em sua primeira passagem cronometrada. Apenas os dois pilotos da equipe prateada e o menino Marcus constavam na lista de tempos com 15 minutos de sessão.

Depois de uma boa sequência de voltas, Rosberg surgiu estranhamente lento e a Mercedes tratou de chamá-lo rapidamente para os boxes. Enquanto isso, Hamilton melhorava para 1min12s255 e pulava para a ponta.

Aí Felipe Massa voltou à pista e se colocou em terceiro. Para logo em seguida aparecer em segundo, 0s9 atrás do inglês do time prateado. Nesse meio tempo, Ericsson se viu parado na saída dos pits. A fumaça na parte da traseira da Caterham denunciava o problema e o novo drama do time neste início de fim de semana.

Após a breve bandeira amarela localizada na curva 1, a tabela de tempos ganhou vida. A ponta ainda era de Hamilton e Massa. Valtteri Bottas, Kevin Magnussen, Nico Hülkenberg, Daniil Kvyat, Daniel Ricciardo, Nico Rosberg e Sergio Pérez formavam o top-10.

Mas esses nomes ficaram pouco tempo nessas posições. Como todos estavam tratando de conhecer e se adaptar rapidamente a esse reformulado circuito austríaco, os tempos melhoravam a cada instante, apenas Hamilton permanecia na frente.

Com 57 minutos para o fim, Räikkönen se viu em uma volta limpa e pôde virar 1min12s365, ficando a somente 0s110 de Lewis. Hülkenberg pegou carona no desempenho do finlandês e saltou para terceiro, 0s115 mais lento que o campeão de 2008. Jean-Éric Vergne colocou a Toro Rosso na quarta colocação, logo à frente de Massa, Button, em uma melhora significativa, Alonso, Bottas, Ricciardo e Magnussen.

Vale ressaltar que neste primeiro momento os pilotos andaram com os pneus extras oferecidos pela Pirelli. Para o fim de semana na Áustria, a fornecedora escolheu os macios e os supermacios.

Depois de uma breve pausa e silêncio no Red Bull Ring, Magnussen foi o primeiro a voltar à pista. O dinamarquês, que conhece bem o traçado austríaco, já que correu pela World Series em 2013, logo apareceu em segundo na tabela de tempos, com uma marca apenas 0s058 mais lenta que Hamilton.

Quem seguiu Magnussen foi Button. E o inglês logo colocou a McLaren na ponta, com 1min11s839. Mas ficou pouco tempo na liderança. Rosberg retornou forte ao traçado e rapidamente impôs o velho ritmo da Mercedes, registrando 1min11s295. Assim, a ordem atrás do alemão passou a ser: Button, Hamilton, Magnussen, Räikkönen, Hülkenberg, Vergne, Massa, Alonso e Bottas.

Enquanto isso, uma chuva fina e chatinha na parte norte do circuito incomodava os pilotos. Na Sauber, Adrian Sutil era obrigado a desistir do treino por conta de uma falha em um dos tubos do turbo do motor Ferrari.

Pouco depois, Vettel protagonizou uma rodada espetacular na saída da última curva. O tetracampeão colocou a roda na grama e viu o mundo girar várias vezes. Sorte que não bateu em nada e pôde completar a volta de retorno aos boxes. O alemão estava apenas na 16ª posição da tabela.

Falando na lista de tempos, Hamilton recuperou a segunda posição logo depois do incidente com Seb. O britânico foi apenas 0s140 mais lento que o colega Rosberg, que continuava liderando. Fernando Alonso colocou a Ferrari em terceiro, a 0s3 de Nico. Massa e Button fechavam o top-5. Como de costume, todos os tempos foram registrados com pneus macios nessa fase da sessão.

Aquela chuva insistente de antes se tornou mais intensa e praticamente selou o resultado desse primeiro treino. Nos quinze minutos finais ninguém melhorou, e Rosberg ficou mesmo com o primeiro tempo, seguido por Hamilton e Alonso. Massa se fixou em quarto.

Não saiu mais. Ao que parece, a Williams precisou reparar o freio dianteiro esquerdo do carro do brasileiro. Ainda assim, Felipe voltou à pista nos minutos finais, assim como outros pilotos, mas nada mudou.

A segunda sessão do dia acontece às 14h, locais, 9h, no horário de Brasília. 
 
F1, GP da Áustria, Red Bull Ring, primeiro trein livre:
 
1 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:11.295   19
2 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:11.435 +0.140 32
3 14 FERNANDO ALONSO ESP FERRARI 1:11.606 +0.311 23
4 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:11.756 +0.461 27
5 22 JENSON BUTTON ING McLAREN MERCEDES 1:11.839 +0.544 33
6 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:12.009 +0.714 33
7 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:12.072 +0.777 20
8 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:12.114 +0.819 21
9 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN McLAREN MERCEDES 1:12.313 +1.018 36
10 25 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA TORO ROSSO RENAULT 1:12.364 +1.069 30
11 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:12.365 +1.070 21
12 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO RENAULT 1:12.372 +1.077 35
13 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL RENAULT 1:12.570 +1.275 28
14 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX SAUBER FERRARI 1:12.984 +1.689 29
15 1 SEBASTIAN VETTEL ALE RED BULL RENAULT 1:12.988 +1.693 25
16 8 ROMAIN GROSJEAN FRA LOTUS RENAULT 1:13.168 +1.873 28
17 13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS RENAULT 1:13.642 +2.347 27
18 17 JULES BIANCHI FRA MARUSSIA FERRARI 1:13.738 +2.443 26
19 4 MAX CHILTON ING MARUSSIA FERRARI 1:13.857 +2.562 28
20 10 KAMUI KOBAYASHI JAP CATERHAM RENAULT 1:14.611 +3.316 24
21 99 ADRIAN SUTIL ALE SAUBER FERRARI 1:14.691 +3.396 9
22 9 MARCUS ERICSSON SUE CATERHAM RENAULT 1:17.501 +6.206 8
    TEMPO 107% TL1   1:16.286 +4.991  
               
RECORDE RUBENS BARRICHELLO BRA FERRARI F2002 1:08.082 11/05/2002  
MELHOR VOLTA MICHAEL SCHUMACHER ALE FERRARI F2003-GA 1:08.337 18/05/2003  
 


GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' o GP da Áustria, oitava etapa do Mundial de F1, com a repórter Evelyn Guimarães. Para acompanhar todo o noticiário, clique aqui.