Rosberg descarta problemas no motor como chave para decidir título e prevê Hamilton “mais forte do que nunca”

Nico Rosberg não quer saber de descartar o rival Lewis Hamilton da luta pelo título e nem acredita que o britânico está abalado após sofrer o duro revés no último domingo em Sepang. O alemão também entende que os problemas no motor não serão o fator decisivo para definir o campeão da temporada 2016 da F1

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Nico Rosberg chegou a Suzuka para encarara a 17ª etapa da temporada 2016 com um discurso humilde e de muito respeito em relação ao seu grande rival na luta pelo título, Lewis Hamilton. O alemão, que lidera o campeonato com 23 pontos de vantagem para o companheiro de Mercedes, entende que Lewis vai voltar “mais forte do que nunca” depois do duro revés sofrido no último domingo em Sepang.
 
Hamilton tinha tudo para sair da Malásia novamente na liderança do campeonato. Mas uma quebra no seu motor lhe tirou uma vitória certa e deu a Rosberg a chance não apenas de subir ao pódio de uma corrida que parecia perdida, como o colocou numa posição muito boa para conquistar o título. Contudo, o germânico entende que os problemas do motor não vão decidir o campeão da temporada 2016.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Nico Rosberg está tranquilo sobre os motores, mas alerta quando o assunto é Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)
“Não estou preocupado. Aprendi a colocar minha energia em coisas que eu posso influenciar, e isso, definitivamente, é algo que eu não posso influenciar”, afirmou Nico em entrevista coletiva nesta quinta-feira (6) em Suzuka, palco do GP do Japão.
 
Rosberg reafirmou sua confiança no trabalho dos engenheiros e mecânicos da Mercedes e acredita que o time não vai vivenciar novamente o ocorrido com Hamilton em Sepang.
 
“Eu também tenho total confiança na equipe em fazer o melhor que eles podem para garantir que problemas como esse não aconteçam novamente, e eles vieram para cá com algumas mudanças para este fim de semana. Estou preocupado se isso vai decidir o campeonato? Não. Ainda está muito longe”, destacou.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Questionado sobre como o azar tem atrapalhado o desempenho de Hamilton neste ano, Nico foi enfático e deixou claro que não olha muito para os seguidos infortúnios do rival. “Eu não penso muito sobre o azar de Lewis. Penso mais sobre minha situação. Sepang foi um dia difícil no geral.”

 
No fim das contas, Rosberg sabe que tem ao seu lado um rival que nunca se rende e que vai tentar reagir a qualquer custo a partir deste fim de semana. “Sei que sempre que Lewis, quando ele enfrenta dificuldades como essa, ele vai voltar muito mais motivado. Então não é muito encorajador, sabendo que ele vai voltar mais forte do que nunca”, finalizou.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube