Rosberg despreza Vettel, desafia lógica e ainda acredita em ‘milagre’: “Só luto pelo título, não penso em outra coisa”

Mesmo atrás de Sebastian Vettel na classificação do Mundial de F1 e praticamente sem chances de título, Nico Rosberg ainda acredita em uma reviravolta. Ao menos no discurso, o alemão deixou claro que não importa a luta pelo vice-campeonato e disse que fará tudo para voltar a vencer na fase final da temporada

Restando quatro corridas para o fim da temporada 2015 do Mundial de F1, Nico Rosberg está em terceiro lugar no campeonato. Com o revés sofrido no último GP da Rússia, o alemão caiu uma posição e tem 229 pontos. A diferença para Lewis Hamilton, o líder, é enorme, 73 pontos, de modo que o britânico pode confirmar o tricampeonato no GP dos Estados Unidos, no próximo fim de semana. Mas Rosberg, no entanto, ainda acredita no milagre do título e despreza a luta pelo vice-campeonato contra Sebastian Vettel, que está sete pontos à sua frente na classificação.
 
“Só luto pelo título, não penso em outra coisa”, bradou o alemão. “O melhor que posso fazer agora é vencer”, disse Nico, que não vence uma corrida desde o GP da Áustria, disputado em 21 de junho.
Nico ignorou o fato de estar atrás de Vettel no campeonato e ainda sonha com o improvável na F1 (Foto: AP)
Na festa pelo título do Mundial de Construtores logrado pela Mercedes, Hamilton chegou a dizer que Rosberg é o “companheiro de equipe perfeito”. Toto Wolff, diretor-esportivo da montadora alemã, reforçou o discurso de Lewis e deixou claro que Rosberg, mesmo sem ter o mesmo protagonismo do companheiro de equipe, é fundamental para o êxito da Mercedes.
 
“Nico é incrivelmente importante para a equipe. Está aqui desde o começo e foi um pilar importante para construir nosso êxito, além de ser um verdadeiro cara de grupo. Talvez Lewis seja agora o homem mais forte, mas nunca descartaria Nico. As diferenças entre eles são mínimas”, disse o dirigente austríaco em entrevista à revista alemã ‘Sport Bild’ nesta semana.
 
Wolff reiterou que não há medição de forças dentro da Mercedes. “Ambos seguirão com as mesmas condições, ambos são consultados sobre o desenvolvimento do carro e vamos levar em conta suas vontades”, garantiu.
 
“Temos um contrato de longo prazo com Rosberg. Se algum dia estivermos descontentes, vamos lhe dizer, mas, no momento, não é a situação que vivemos”, completou o dirigente.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube