F1

Rosberg destroça tempo de Massa, lidera sexta-feira e começa a acabar com esperanças das rivais para 2015

Desde o início da temporada que todos esperavam pelo dia em que a Mercedes colocaria os pneus mais macios para testar seu ritmo de classificação. Este dia chegou, e o resultado foi um Nico Rosberg 0s7 mais rápido que a Williams de Felipe Massa em Barcelona
Warm Up, de Barcelona / RENAN DO COUTO, de Barcelona
 Nico Rosberg (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

Pela primeira vez na temporada, a Mercedes colocou pneus macios, e o resultado foi arrebatador: Nico Rosberg liderou a tarde desta sexta-feira (27) com um tempo 0s7 melhor que o de Felipe Massa, segundo piloto mais rápido da pré-temporada. E assim as esperanças de quem ainda sonhava com a queda da Mercedes começam a acabar.

A marca de 1min24s321 de Rosberg com os pneus médios no domingo já impressionara, mas o alemão saiu do carro dizendo que era possível baixar ainda mais. E o mesmo pode ser dito do que ele fez no sexto dia de treinos coletivos no Circuito da Catalunha.

Depois de ir à pista pela primeira vez com os compostos macios da Pirelli e cravar 1min22s792, ele retornou ao traçado com outro jogo de pneus e melhorou a primeira e a terceira parciais. Contudo, cometeu um erro que custou 0s1 na segunda e, desta forma, virou 'apenas' 1min22s802.

Na tarde de quinta-feira, com a Williams, Massa fez 1min23s500 com o mesmo tipo de pneu. E aquele foi um tempo que o deixou bem satisfeito e o fez falar que a equipe precisava provar que está na briga pelas primeiras colocações. Mas ele também admitiu que estava preparado para ver este tempo sendo destroçado.

Pois bem. Um dado referente ao GP da Espanha de 2014 é que pode servir de alento para os que ainda tentam secar os campeões mundiais: foi em Montmeló que as Flechas Prateadas impuseram um de seus mais avassaladores domínios, deixando Daniel Ricciardo, o terceiro colocado, 1s atrás no treino classificatório e 49s atrás na corrida. Em outros circuitos, a competição foi mais apertada.

Valtteri Bottas foi o segundo colocado com 1min23s995, também registrado em um giro com pneus macios no qual o carro chegou a sair de frente no contorno da curva 12, já no trecho final do traçado.
Jenson Button chegou a 100 voltas nesta sexta-feira em Barcelona (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Ao segundo assunto mais importante do dia: a McLaren Honda. Melhor dia de toda a pré-temporada para a escuderia anglo-nipônica, com 100 voltas completadas aparentemente sem problemas. A programação começou fluindo lentamente, mas depois embalou. Foram 44 voltas até a hora do almoço e outras 56 à tarde. Tanta quilometragem que o time se deu ao luxo de treinar pit-stops nas voltas finais. Foi quando, na 101ª passagem do dia, o inglês parou na pista entre as curvas 7 e 8.

O melhor tempo de Button foi 1min25s590, o bastante para que ele ficasse com a quinta posição na sexta-feira.

Entre Bottas e Button apareceram Felipe Nasr, com a Sauber, e Sebastian Vettel, com a Ferrari. Ambos fizeram seus tempos com compostos macios. O brasileiro virou 1min24s071, 0s2 mais veloz que o companheiro Marcus Ericsson com pneus supermacios na quinta. Vettel, por sua vez, não levou a SF15-T ao limite e fez 1min25s339. Pastor Maldonado e Max Verstappen seguiram.

A outra bandeira vermelha do dia foi causada por Daniil Kvyat. A Red Bull parou na pista por precaução para checar um sensor do sistema hidráulico por volta das 15h locais (11h de Brasília), resolveu o problema e ainda percorreu uma boa quilometragem depois disso. Quilometragem, aliás, que foi o ponto alto do dia: todas as equipes andaram muito bem.
Nico Hülkenberg estreou o carro de 2015 da Force India (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
O time que menos voltas foi capaz de completar foi a Force India, que estreou VJM08, carro de 2015, por volta das 12h20. Embora fosse apenas o primeiro dia do novo bólido, Nico Hülkenberg superou a casa das 70 voltas.

Mercedes, Sauber, Ferrari, McLaren, Lotus e Toro Rosso foram as escuderias que giraram mais de 100 vezes pelos 4.655 metros do Circuito da Catalunha.

Faltam dois dias para o término da pré-temporada do Mundial de F1 de 2015, que se encerra no domingo. O GRANDE PRÊMIO segue acompanhando tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

F1, Treinos livres, Barcelona, dia 6:

1 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:22.792   106
2 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:23.995 +1.203 90
3 12 FELIPE NASR BRA SAUBER FERRARI 1:24.071 +1.279 141
4 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:25.339 +2.547 143
5 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:25.590 +2.798 101
6 13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS MERCEDES 1:26.705 +3.913 140
7 33 MAX VERSTAPPEN HOL TORO ROSSO RENAULT 1:26.766 +3.974 139
8 26 DANIIL KVYAT RUS RED BULL RENAULT 1:26.965 +4.173 84
9 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:28.785 +5.993 77