Rosberg elege vitória no GP da Áustria como “uma das mais fáceis” e compara: “Tive um ritmo melhor que o de Hamilton”

Supremo do início ao fim da corrida do último domingo em Spielberg, Nico Rosberg destacou mais uma vez a largada como a chave para triunfar perante Lewis Hamilton pela terceira vez na temporada e acirrar novamente a briga pelo título

De todas as 11 vitórias na carreira de Nico Rosberg na F1, o GP da Áustria, conquistado pelo alemão no último domingo (21), está entre os mais fáceis. Quem define é o próprio piloto da Mercedes, que teve um ritmo de corrida bem melhor que do seu principal oponente, o companheiro de equipe e rival Lewis Hamilton. Nico fez uma largada competente ao conseguir fazer a ultrapassagem sobre o britânico, que largou na pole, e depois disso jamais chegou a ser ameaçado.

Foi a terceira vitória de Rosberg no ano, mantendo assim sua invencibilidade em solo europeu na temporada 2015. Depois de triunfar também nos GPs da Espanha e Mônaco, Nico agora está a apenas dez pontos atrás de Hamilton no Mundial de Pilotos, acirrando a briga pelo título no momento em que a temporada se aproxima do fim de sua primeira metade.

Nico Rosberg não deu chances a Lewis Hamilton e impôs dura derrota ao rival no GP da Áustria (Foto: AP)

“Chegar ao dia de uma das vitórias mais fáceis e por não ter sofrido pressão de Hamilton é ótimo de ver”, vibrou o alemão, exultante por impor ao seu rival uma grande derrota. “Tive um ritmo melhor que o dele, então tudo isso se converteu em um dia importante. Agora estou feliz pela maneira como tudo ocorreu. Está tudo caminhando bem, então isso é bom. Tive um grande carro e tudo correu bem”, comemorou.

Rosberg destacou novamente a largada como a chave para ter vencido no Red Bull Ring. “Eu tive isso um pouco em minha mente. A largada foi realmente a parte mais importante. É a maior oportunidade para que eu pudesse tentar tudo e ir para cima. Claro que muito disso se deve ao meu engenheiro, que fez os ajustes corretos na embreagem para melhorar isso”, declarou.

“O cara que passa na Curva 3 em primeiro tem a melhor chance de vencer, obviamente, porque é difícil ultrapassar tendo o mesmo carro. Fiquei muito feliz por ver a diferença aumentar e, em seguida, no segundo stint, porque a estratégia de prova foi uma área que eu precisei trabalhar em relação ao ano passado, e o que está vindo agora tem sido muito bom”, concluiu o vice-líder da temporada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube