Rosberg ensaia reação, supera Hamilton e fecha sexta-feira de treinos livres na frente em Hockenheim

O fim de semana que marca o retorno do GP da Alemanha à F1 começou da melhor forma para Nico Rosberg. Dono do melhor tempo pela manhã, o alemão manteve a boa performance e novamente terminou à frente de Lewis Hamilton no segundo treino livre desta sexta-feira (29). Os brasileiros da F1 voltaram a decepcionar

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Disposto a arriscar tudo para evitar a arrancada de Lewis Hamilton rumo ao tetracampeonato, Nico Rosberg teve uma sexta-feira (29) praticamente perfeita em Hockenheim, palco do GP da Alemanha, que retorna nesta temporada ao Mundial de F1. Depois de ter liderado com autoridade o primeiro treino livre, realizado pela manhã, o piloto da casa voltou a andar rápido e fez o bastante para superar o rival e fechar o dia na frente. Durante o período da tarde, Rosberg cravou 1min15s614, tempo um pouco mais lento em relação ao 1min15s517 estabelecido mais cedo. 

Hamilton, como já havia acontecido no primeiro treino livre, completou o 1-2 da Mercedes nesta tarde em Hockenheim com uma diferença de 0s394. A Ferrari apareceu na sequência e colocou novamente Sebastian Vettel em terceiro. Mas desta vez o alemão não foi seguido pelo seu companheiro de equipe, Kimi Räikkönen, que foi apenas o sexto. Max Verstappen e Daniel Ricciardo, pilotos da Red Bull, se colocaram entre a dupla de Maranello e foram quarto e quinto, respectivamente.

Nico Hülkenberg, depois de cumprir um programa peculiar da Force India, que trabalhou apenas com pneus médios pela manhã, terminou em sétimo lugar, ficando à frente da McLaren, que manteve a boa performance ao colocar Jenson Button em oitavo e Fernando Alonso em décimo. Entre a dupla da equipe britânica, outro carro da Force India, o do mexicano Sergio Pérez.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Nico Rosberg não teve dificuldades para liderar o segundo treino e fechar a sexta-feira na frente (Foto: Getty Images)

A Williams decepcionou novamente em Hockenheim. Valtteri Bottas não passou do 13º, mas ainda assim conseguiu ser melhor que Felipe Massa, que foi o 15º. Felipe Nasr foi ainda pior. Mesmo usando a nova asa traseira desenvolvida pela Sauber, o brasiliense ficou em último lugar, distante 0s7 do penúltimo, o indonésio Rio Haryanto.

Saiba como foi o segundo treino livre do GP da Alemanha de F1

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Como é tradição nas sextas-feiras da F1, o segundo treino livre começou bastante agitado em Hockenheim. Logo de cara, os pilotos ganharam a pista para a execução das primeiras voltas do período da tarde. A chuva, que até poderia dar as caras, segundo a previsão do tempo, não se fez presente. Então não houve nenhum impedimento para a melhora das marcas desde o início.

Com a presença dos titulares Jolyon Palmer e Esteban Gutiérrez nos cockpits de Renault e Haas, respectivamente, os 22 pilotos aceleraram e marcaram bons tempos desde os primeiros minutos. O brasileiro Felipe Nasr abriu a sessão e foi o primeiro a registrar volta rápida, mas quem tomou a liderança em seguida, usando pneus macios, foi um dos pilotos da casa: Nico Hülkenberg com sua Force India. A Ferrari vinha logo atrás com Vettel e Räikkönen.

Em seguida, foi a vez de Massa completar sua primeira volta rápida no período da tarde. Com 1min19s258, o brasileiro, usando pneus macios, marcou o provisório oitavo tempo. Quase na mesma hora, Hamilton, ao sair dos boxes, passou muito perto de um fotógrafo que estava perto dos boxes. O profissional de imprensa se assustou, acabou se desequilibrando e caiu.

Fotógrafo se desequilibrou e caiu após fotografar saída de Hamilton (Foto: Reprodução)

Também com pneus macios, a Red Bull se colocou na ponta com seus dois pilotos: Ricciardo subiu para primeiro com 1min17s716, ficando à frente de Verstappen. Rosberg, num ritmo claramente mais lento e também calçado com os pneus amarelos, vinha em terceiro lugar. Mas na volta seguinte, o alemão se colocou na liderança pela primeira vez no período da tarde com 1min17s415. Porém, pela primeira vez no fim de semana Hamilton bateu o rival com um tempo 0s348 mais rápido.

Com pouco mais de 20 minutos de treino, os pilotos estavam todos de volta aos boxes para as primeiras avaliações em conjunto com a equipe no período da tarde. Nasr aparecia em último, enquanto Massa vinha só em 14º. Mas logo o silêncio foi quebrado por Rio Haryanto, que surpreendia naquele momento ao estar em oitavo lugar na tabela de tempos.

A partir de então, os pilotos passaram a usar, em maior número, os pneus supermacios. E aí os tempos naturamente foram caindo em Hockenheim. O primeiro a superar a barreira dos 1min17s foi novamente Hülkenberg, que superou Hamilton e assumiu a ponta do treino. Button avançou para o terceiro lugar. Mas toda a ordem mudou depois que a Ferrari de Räikkönen foi à pista. O 'Homem de Gelo' cravou 1min16s512 e virou P1 da sessão.

Felipe Massa teve uma sexta-feira discreta na Alemanha (Foto: Williams/Twitter)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Só que Rosberg e Hamilton voltaram à pista com os supermacios. Nico foi demolidor e registrou 1min15s614 para assumir a ponta, mas com um tempo um pouco inferior ao da manhã (1min15s517). Em seguida, foi a vez de Hamilton lutar superar o rival. Mas o britânico, embora tenha subido para segundo, ficou 0s394 atrás em sua primeira tentativa. Naquele momento, o quadro era bastante similar ao do primeiro treino livre. Minutos depois, era a vez de Vettel subir para terceiro lugar.

Daí em diante, a sessão se tornou extremamente sonolenta para os olhos do espectador. Eram poucos os torcedores que acompanharam os treinos desta sexta-feira em Hockenheim e, certamente, eles não se empolgaram muito com o que viram. Mesmo antes da meia hora final, pilotos e equipes trabalharam em um programa destinado a avaliar o comportamento dos pneus macios e supermacios em ritmo de corrida. De modo que pouca coisa aconteceu em termos de mudanças de posição.

Na liderança, Rosberg se manteve inabalável e conseguiu terminar a sexta-feira à frente de Hamilton, ficando com o melhor tempo do dia, estabelecido pela manhã. Será o começo da reação do piloto da casa na busca por terminar a primeira parte do campeonato na liderança? Seja como for, de fato, Rosberg começou da melhor forma o fim de semana do GP da Alemanha.

#GALERIA(5742,128950)
F1 2016, GP da Alemanha, Hockenheim, treino livre 2:

1 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:15.614   43
2 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:16.008 +0.394 36
3 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:16.208 +0.594 39
4 33 MAX VERSTAPPEN HOL RED BULL TAG HEUER 1:16.456 +0.842 40
5 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL TAG HEUER 1:16.490 +0.876 38
6 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:16.512 +0.898 45
7 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:16.781 +1.167 43
8 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:17.087 +1.473 16
9 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:17.148 +1.534 44
10 14 FERNANDO ALONSO ESP McLAREN HONDA 1:17.225 +1.611 21
11 55 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO FERRARI 1:17.342 +1.728 32
12 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO FERRARI 1:17.367 +1.753 38
13 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:17.425 +1.811 44
14 8 ROMAIN GROSJEAN FRA HAAS FERRARI 1:17.602 +1.988 13
15 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:17.686 +2.072 40
16 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX HAAS FERRARI 1:18.005 +2.391 42
17 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN RENAULT 1:18.056 +2.442 46
18 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:18.130 +2.516 28
19 94 PASCAL WEHRLEIN ALE MANOR MERCEDES 1:18.193 +2.579 42
20 30 JOLYON PALMER ING RENAULT 1:18.313 +2.699 47
21 88 RIO HARYANTO INA MANOR MERCEDES 1:18.591 +2.977 47
22 12 FELIPE NASR BRA SAUBER FERRARI 1:19.295 +3.681 41
               
RECORDE MICHAEL SCHUMACHER ALE FERRARI 1:13.306 24/06/2004  

PADDOCK GP #39 DEBATE F1 E MOTOGP COM CONVIDADO ALEX BARROS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube