Rosberg não vê Mercedes forte na Índia e diz que quarto lugar no classificatório “não será possível”

Piloto da Mercedes afirmou que a posição no geral nesta sexta-feira (26) não condiz com a realidade e que deve brigar, no máximo, para ficar na sétima colocação no grid de largada do GP disputado no circuito de Buddh

Na soma dos dois treinos livres realizados nesta sexta-feira (26), no circuito de Buddh, na Índia, Nico Rosberg conseguiu colocar a Mercedes na quarta colocação, atrás apenas de Sebastian Vettel, Mark Webber e Fernando Alonso. Mais de 0s8 mais lento que Vettel, o primeiro colocado, o piloto alemão não acredita que possa repetir o desempenho de hoje no classificatório e não vislumbra um bom final de semana para ele.

“Até agora, estou muito satisfeito no geral. Tive uma sessão muito boa e, com os testes feitos, posso ter encontrado uma direção para o acerto do carro. Naturalmente, ele está parecendo melhor do que realmente é, porque não somos rápidos”, disse Rosberg.

Rosberg não espera ver a Mercedes entre os quatro melhores no classificatório (Foto: Red Bull/Getty Images)

“A quarta colocação [na classificação] não será possível e nossa meta é estar em sétimo ou algo assim. E não tenho ideia do nosso desempenho com relação aos outros”, finalizou.

Sem somar pontos nas provas disputadas no Japão e na Coreia do Sul, Rosberg ocupa a sétima colocação no mundial de pilotos com 93 pontos somados até o momento.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube