Rosberg reitera força da Mercedes e lidera primeiro treino livre do GP de Mônaco. Massa é quarto

Apontado como um dos favoritos à vitória no GP de Mônaco, Nico Rosberg iniciou o fim de semana na liderança do primeiro treino livre nas ruas do Principado. Fernando Alonso foi o segundo e terminou à frente de Romain Grosjean e do seu companheiro de equipe, Felipe Massa

Acompanhe a cobertura do GP de Mônaco no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

A primeira sessão de treinos livres do GP de Mônaco de F1, sexta etapa da temporada 2013, teve tons prateados. Nico Rosberg reiterou a força e a velocidade do Mercedes W04 e liderou a primeira tomada de tempos do fim de semana, na manhã desta quinta-feira (23), nas ruas de Monte Carlo. Com o tempo de 1min16s195, o alemão ficou 0s087 à frente de Fernando Alonso, vencedor da última etapa do Mundial, o GP da Espanha. 


Felipe Massa teve um ritmo consistente ao longo de toda a sessão e fez uma boa volta no fim da tomada de tempos, pulando para terceiro, indicando que a briga do fim de semana tem tudo para ser entre Mercedes e Ferrari. Mas aí, restando poucos segundos para a bandeira quadriculada, Romain Grosjean tomou a posição do brasileiro e subiu para terceiro, deixando Felipe na quarta colocação.

Grosjean foi bem melhor que o companheiro de Lotus, Kimi Räikkönen. O finlandês, que, a exemplo do ano passado, homenageou o lendário James Hunt em seu capacete, terminou a sessão apenas em 11º. Voltando às primeiras colocações, Lewis Hamilton foi o quinto e concluiu a sessão 0s274 atrás de Rosberg. A surpresa do treino ficou com o sexto lugar de Pastor Maldonado, piloto que costuma se dar bem em Monte Carlo.

Pelo menos neste primeiro treino, a Red Bull foi muito discreta e terminou em sétimo com Mark Webber e apenas na décima colocação com Sebastian Vettel, que terminou atrás das McLaren de Button e Pérez, oitavo e nono, respectivamente.

Nico Rosberg colocou o belíssimo carro da Mercedes na frente do primeiro treino em Mônaco (Foto: Getty Images)

Saiba como foi o primeiro treino livre do GP de Mônaco de F1

Debaixo de um céu azul e diante de uma paisagem paradisíaca às margens do Mediterrâneo, o fim de semana do GP de Mônaco começou com todos os carros saindo para a pista para a execução das primeiras voltas de instalação e reconhecimento do circuito de Monte Carlo. Durante toda a sessão, os pilotos fizeram uso dos pneus macios, deixando os supermacios para a sequência das atividades desta quinta-feira.

Entretanto, logo após os primeiros minutos de sessão, Monte Carlo ficou em silêncio, com todos os carros dentro dos boxes e pilotos conversando com seus respectivos chefes de equipe e engenheiros. Assim, a quinta-feira começava sonolenta e com pouca ação, como costuma ser no primeiro treino livre de cada etapa da temporada.

O silêncio finalmente foi quebrado após 33 minutos de sessão. Gutiérrez, que conquistou seu melhor resultado na F1 em Barcelona, há duas semanas, foi o primeiro a voltar para a pista, seguido depois por seus oponentes. O primeiro tempo do fim de semana, estabelecido pelo mexicano, foi de 1min29s919. Marca que, obviamente, seria facilmente superada em seguida.
A Ferrari foi muito bem nesta manhã no Principado: Alonso foi o segundo (Foto: Getty Images)

Não demorou muito para que os pilotos de ponta fossem à pista. E logo de cara, Massa registrou a volta mais rápida naquele momento, anotando 1min18s818 em seu primeiro giro rápido. Em seguida, o brasileiro baixou seu tempo e cravou 1min17s685, sendo o mais rápido na pista. Ajudou o fato de Felipe ter pouco tráfego — eterno problema de Mônaco — pela frente, diferente, por exemplo, de Fernando Alonso.

Em seguida, o bicampeão do mundo reduziu o ritmo para conseguir fazer uma volta com pista limpa. Deu certo. O espanhol registrou 1min16s842 e subiu para a liderança, seguido por Nico Rosberg e sua rapidíssima Mercedes em ritmo de treino. O W04 se mostrou bastante consistente no seu primeiro stint em Monte Carlo. Tanto que Nico cravou 1min16s195 com sobras, colocando a Flecha de Prata na liderança da sessão.

Restando 38 minutos para o fim da sessão, o treino tinha Rosberg, Alonso, Massa e Hamilton nas quatro primeiras posições. A melhor Red Bull na pista era a de Sebastian Vettel, o sexto colocado, mas 1s663 atrás do tempo de Rosberg. Nesse tempo, Massa protagonizou um pequeno incidente com Max Chilton, da Marussia. O brasileiro vinha em volta de recolhimento aos boxes e tinha ritmo mais lento que o britânico. Felipe virou à direita para entrar no pit-lane e, por muito pouco, não foi acertado por Chilton, que reclamou da manobra do ferrarista.
Quinto, Hamilton ficou 0s272 atrás de Rosberg pela manhã em Mônaco (Foto: Getty Images)

A surpresa do treino era a presença de Pastor Maldonado entre os primeiros. O venezuelano, que até agora não conseguiu acertar uma boa corrida e não somou pontos nas cinco primeiras provas do ano pela Williams, chegou a ocupar a quarta colocação do primeiro treino, comprovando o bom rendimento em Monte Carlo. 

Romain Grosjean, por sua vez, enfrentava problemas de aderência na execução de suas voltas rápidas. Mas quando conseguiu fazer uma volta limpa e livre de erros, o franco-suíço subiu para terceiro, sendo apenas 0s242 mais lento que Rosberg. Kimi Räikkönen vinha em 12º, 1s889 atrás do líder da tabela de tempos quando faltavam 29 minutos para o fim da sessão matinal no Principado.

Como é usual no primeiro treino livre do fim de semana de cada GP, muitos pilotos aproveitaram os minutos finais para a execução de voltas em ritmo de corrida, com o tanque mais cheio. Massa, entretanto, acelerou forte e conseguiu melhorar significativamente sua marca, pulando de sétimo para terceiro, ficando só atrás de Alonso e Rosberg. Entretanto, no fim da tomada de tempos, Grosjean foi ainda melhor e superou o brasileiro. Mas ninguém conseguiu bater a Flecha de Prata de Rosberg, que colocou a Mercedes na liderança pela manhã. 

F1, GP de Mônaco, Monte Carlo, treino livre 1:
1 Nico ROSBERG ALE Mercedes   1:16.195   31
2 Fernando ALONSO ESP Ferrari   1:16.282 +0.087 27
3 Romain GROSJEAN FRA Lotus Renault   1:16.380 +0.185 21
4 Felipe MASSA BRA Ferrari   1:16.394 +0.199 23
5 Lewis HAMILTON ING Mercedes   1:16.469 +0.274 28
6 Pastor MALDONADO VEN Williams Renault   1:16.993 +0.798 27
7 Mark WEBBER AUS Red Bull Renault   1:17.020 +0.825 27
8 Jenson BUTTON ING McLaren Mercedes   1:17.129 +0.934 29
9 Sergio PÉREZ MEX McLaren Mercedes   1:17.378 +1.183 25
10 Sebastian VETTEL ALE Red Bull Renault   1:17.380 +1.185 23
11 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Lotus Renault   1:17.509 +1.314 26
12 Paul DI RESTA ESC Force India Mercedes   1:17.548 +1.353 27
13 Adrian SUTIL ALE Force India Mercedes   1:17.625 +1.430 20
14 Nico HÜLKENBERG ALE Sauber Ferrari   1:18.193 +1.998 26
15 Jean-Éric VERGNE FRA Toro Rosso Ferrari   1:18.454 +2.259 25
16 Esteban GUTIÉRREZ MEX Sauber Ferrari   1:18.754 +2.559 28
17 Valtteri BOTTAS FIN Williams Renault   1:18.830 +2.635 28
18 Daniel RICCIARDO AUS Toro Rosso Ferrari   1:19.067 +2.872 25
19 Giedo VAN DER GARDE HOL Caterham Renault   1:19.203 +3.008 21
20 Charles PIC FRA Caterham Renault   1:19.438 +3.243 28
21 Jules BIANCHI FRA Marussia Cosworth   1:19.773 +3.578 20
22 Max CHILTON ING Marussia Cosworth   1:20.225 +4.030 21
  TEMPO 107% TL1     1:21.529 +5.334  
               
REC Kimi RÄIKKÖNEN FIN McLaren Mercedes MP4-21   1:13.532 27/05/2006  
MV Michael SCHUMACHER ALE Ferrari F2004   1:14.439 23/05/2004  
               
  Condições do tempo                                                                        SOL   ar: 22-24ºC | pista: 30-34ºC  
  Pneu supermacio                                     Pneu macio        

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube