Rosberg revela que incentivou Hamilton a ir para Mercedes e destaca amizade dos tempos de kart

Nico Rosberg saudou o novo companheiro de equipe na Mercedes a partir da próxima temporada e lembrou que comentava com Lewis Hamilton, ainda nos tempos de kart, que ambos seriam companheiros de equipe na F1, o que se realizará em 2013

Em um ambiente tão competitivo e, ao mesmo tempo, tão cruel, como é o automobilismo, nem sempre é possível manter uma amizade construída na época do kart. Nico Rosberg e Lewis Hamilton compõem um caso raro. Amigos desde a adolescência, os pilotos, agora estabelecidos na F1, serão companheiros de equipe em 2013. Hamilton deixará a McLaren e vai se transferir para a Mercedes, dividindo os boxes do time alemão com Rosberg.

Em entrevista à agência ‘Reuters’, em Suzuka, palco do GP do Japão, Rosberg revelou que incentivou o amigo britânico a mudar de ares e correr na Mercedes. Lewis assinou com a escuderia de Brackley por três temporadas e vai ganhar, neste período, salário de R$ 200 milhões, o maior da F1 atual.

Hamilton foi incentivado pelo amigo Rosberg a se transferir para a Mercedes em 2013 (Foto: Red Bull/Getty Images)

Nico lembrou, também, que ambos, ainda na época do kart, conversaram sobre uma improvável possibilidade de serem companheiros de equipe na F1. 13 anos depois, Rosberg e Hamilton estarão juntos, nos mesmos boxes, a partir da próxima temporada.

“Nós conversamos sobre isso um pouco antes, quando havia a possibilidade. Nós estávamos rindo com isso. Porque nós falamos sobre isso quando nós tínhamos 14 anos, no kart. ‘Imagine se, um dia, nós formos companheiros de equipe na F1, como seria legal?’. Bem, agora, de repente, isso está acontecendo, o que é surreal”, vibrou o piloto alemão.

Rosberg disse que conversou muito com seu amigo antes dele decidir pela transferência para a Mercedes depois de construir praticamente toda sua carreira com o apoio da McLaren. “Eu não necessariamente o convenci. Tentei ser bastante objetivo. Mencionei os pontos positivos, ele perguntou algumas coisas e dei respostas honestas. Minhas respostas são todas positivas porque eu gosto da equipe”, disse Nico, plenamente satisfeito em Brackley.

Questionado sobre o fato de contar com um companheiro tão competitivo e vitorioso como Hamilton, Rosberg deixou claro que não há motivos para preocupação, já que teve grande rendimento em comparação com Michael Schumacher, heptacampeão mundial de F1 e que está se despedindo definitivamente da F1 nesta temporada. “Eu gosto deste tipo de desafio. Estou muito confiante que vou fazer um bom trabalho. Foi assim com Michael também. Não estou preocupado com isso, não”, garantiu.

Rosberg e Hamilton: amigos desde os tempos de kart e futuros companheiros na Mercedes (Foto: Red Bull/Getty Images)

Apesar de ser amigo de Hamilton, Rosberg tem estilo de vida muito mais tranquilo e reservado que o britânico, acostumado a ser uma celebridade. Ainda assim, Nico não vê qualquer problema em separar a vida dentro e fora das corridas com o amigo Lewis. “Nós conseguimos isso muito bem no kart, então não vejo qualquer problema ou preocupação. Nós fomos companheiros de equipe por dois anos, até dividimos o quarto de hotel, e tudo funcionou bem. Muito bem, na verdade.”

Por fim, quando indagado se 2013 seria uma temporada crucial, por contar com um companheiro de equipe forte e motivado como Hamilton, Rosberg minimizou. “Cada temporada é importante na F1.”

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube