carregando
F1

Rosberg se recupera de problema no câmbio e abre treinos em Barcelona 0s007 à frente de Räikkönen

Primeiro dia de atividades no Circuito da Catalunha teve uma hora final bastante movimentada. Líder até meia hora do encerramento, Sebastian Vettel terminou em quarto

Warm Up / RENAN DO COUTO, de São Paulo

► Confira imagens da primeira sessão da pré-temporada em Barcelona

Terminou agitado o primeiro dia de treinos coletivos da F1 em Barcelona. Na primeira vez em que todos os carros de 2013 estiveram reunidos na pista, o mais rápido foi o alemão Nico Rosberg, que marcou 1min22s616 e bateu Kimi Räikkönen por apenas 0s007 milésimos. Fernando Alonso e Sebastian Vettel apareceram na sequência da folha de tempos nesta terça-feira (19).

Mas a liderança não significa que o dia de Rosberg e da Mercedes foi tranquilo. O quinto dia da pré-temporada viu o terceiro problema mecânico do W04. Após sofrer com falhas elétricas e nos freios em Jerez, desta vez os alemães precisaram correr para trocar o câmbio de seu carro. Com isso, Rosberg completou apenas 14 giros pela manhã e perdeu horas nos boxes antes de retornar no período da tarde, para um total de 54 voltas.

Nico Rosberg voou no fim desta tarde para assumir a liderança do treino (Foto: Getty Images)

A melhor passagem de Rosberg foi registrada na meia hora final dos treinos. Não só a dele, mas também a de Räikkönen e a de Alonso. Líder até a hora do almoço, Vettel chegou a melhorar sua marca a 40 minutos do fim das atividades. Não foi o suficiente para manter a ponta. O tricampeão mundial acabou 0s349 atrás de seu compatriota.

Pilotando pela primeira vez a F138, o espanhol foi quem mais quilometragem somou neste primeiro dia na Catalunha. O ferrarista completou 110 voltas, bem mais que as 86 do venezuelano Pastor Maldonado, com a Williams, e que as 82 do escocês Paul di Resta, da Force India.

Falando em Maldonado, o vencedor do GP da Espanha do ano passado, no mesmo circuito da Catalunha, estreou o FW35, o carro da equipe de Grove para 2013. No entanto, Pastor foi bem mais lento que os quatro mais rápidos do dia. Com um tempo de 1min23s733, ele ficou a mais de 1s do líder Rosberg.

Pastor Maldonado estreou o novo carro da Williams (Foto: Getty Images)

Daniel Ricciardo foi o sexto, à frente de Sergio Pérez. Em três dias de treinos com a McLaren, o mexicano terminou em sétimo em todas as vezes. O outro mexicano do grid, Esteban Gutiérrez, da Sauber, foi o nono colocado. Atrás dele vieram somente os dois representantes das equipes nanicas, o inglês Max Chilton, da Marussia, e o francês Charles Pic, da Caterham.

Pic, a propósito, provocou uma das duas bandeiras vermelhas do dia em Barcelona. Por volta de 10h50 (de Brasília), seu carro parou na pista e interrompeu as atividades por pouco mais de dez minutos. A primeira, ainda pela manhã catalã, foi causada por Gutiérrez. O time fez uma parada programada para checar o sistema de combustível do C32.

F1, pré-temporada, Barcelona, segunda bateria, dia 1, final: