Às vésperas de GP da China, Räikkönen evita previsões, mas diz: “Não há razão para não irmos bem”

Kimi Räikkönen evitou fazer previsões sobre o GP da China de F1, mas afirmou que não há motivos para que a Lotus não tenha um bom desempenho em Xangai

A F1 realiza neste fim de semana o GP da China, terceira etapa da temporada 2013. Depois de vencer na Austrália e sofrer no asfalto molhado da Malásia, Kimi Räikkönen evitou fazer previsões. 14º na prova do ano passado, o finlandês lembrou que cada carro tem suas particularidades e se comporta de maneira diferente a cada circuito.
Kimi espera bom desempenho da Lotus em Xangai, mas evitou previsões (Foto: Andrew Ferraro/ Lotus)
“É sempre difícil prever o que vai acontecer na próxima corrida, já que ainda não estivemos lá com este carro e cada carro reage de uma maneira diferente em cada circuito”, lembrou. “Infelizmente, não pontuamos lá no ano passado, então só podemos melhorar”, considerou.
 
Kimi relembrou seu bom retrospecto no circuito chinês e assegurou que não há nenhum motivo para que a Lotus não tenha uma boa performance neste fim de semana. “Eu fui primeiro, segundo e terceiro em Xangai em anos anteriores, então seria bom aumentar essa lista”, declarou. “Não há razão para não irmos bem lá.”
 
“Temos algumas peças novas para o E21 e as últimas atualizações que tivemos parecem ajudar, então será interessante ver o que acontece se não chover”, completou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube