Sábado de classificação da F1 em Spa-Francorchamps segue com risco baixo de chuva

O clima no treino classificatório do GP da Bélgica será muito parecido com o dos treinos livres. O céu segue nublado e ameaçador, mas a pista dificilmente ficará molhada

24 horas se passaram, mas a previsão do tempo para Spa-Francorchamps segue bem parecida neste sábado (29). O circuito belga, casa da Fórmula 1 neste fim de semana, promete um treino classificatório ainda com céu acinzentado e possibilidade de chuva.

De acordo com o Weather Channel, o risco de chuva varia entre 10% e 25% ao longo das próximas horas. Em outras palavras, é possível que se repita a situação vista na sexta-feira: um dia majoritariamente seco, mas com uma eventual e breve intempérie no meio do caminho.

O céu segue cinza em Spa-Francorchamps (Foto: Mercedes)

Em termos de temperatura, fica claro que será necessário manter um casaco por perto. Com o verão europeu cada vez mais com cara de outono, os termômetros não devem registrar mais do que 17°C ao longo do dia. É uma boa notícia para aqueles que sofrem com pneus, que devem ter desgaste menos acentuado.

O clima úmido também segue presente, e de forma até mais intensa. A umidade relativa do ar começou o dia na casa de 90% e, mesmo baixando com o passar das horas, não deve ficar abaixo dos 60%. Isso é particularmente bom para aqueles que torcem por uma classificação molhada: clima úmido significa chances maiores de chuva.

As maiores chances de chuva seguem, entretanto, guardadas para o domingo. O risco deve se fazer ao longo do dia, ficando até mesmo na casa dos 40% durante a tarde.

A definição do grid promete um novo confronto entre as Mercedes de Valtteri Bottas e Lewis Hamilton, mas com a Red Bull de Max Verstappen como possível intrusa. Quem certamente não entra nessa briga é a Ferrari, que só passou vergonha nos treinos livres.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube