F1
22/02/2018 10:50

Sainz acredita que pilotos vão se acostumar com halo já nos testes de pré-temporada: “20 voltas são o suficiente”

Carlos Sainz Jr. crê que o halo, por mais diferente que seja ao que os pilotos estão acostumados, não vai demorar para se tornar algo normal, quase imperceptível no dia a dia das corridas. Para o espanhol, em “20 voltas” todos estarão adaptados
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Carlos Sainz (Foto: Renault)

O halo é o grande assunto da pré-temporada da F1. A cada carro apresentado, os fãs reparam na pintura, claro, em alguma novidade não anunciada, mas principalmente se o novo dispositivo "encaixa" bem no visual.

Mas quem terá que lidar com o halo no dia a dia são os pilotos, eles é que terão que se acostumar com o aparato em sua visão da pista. Se alguns criticam, outros acham que rapidamente se adaptarão à novidade.

Esse segundo caso é o de Carlos Sainz Jr., que iniciará uma temporada pela Renault pela primeira vez. Para o espanhol, rapidamente os pilotos estarão "de bem" com o halo. Já nos testes de pré-temporada, aliás.
Carlos Sainz e Nico Hülkenberg (Foto: Renault)
"Acho que pode ser um dispositivo bem efetivo. Como pilotos, precisamos nos adaptar a ele. 20 voltas nos testes devem ser o suficiente", afirmou, em entrevista ao 'Motorsport'.

Ele disse que acompanhou o desenvolvimento do carro com o halo na garagem da Renault, mas que ainda precisa ver como funcionará a aerodinãmica do carro na pista.

"Visualmente, não acho que pareça feio assim que integrado ao carro. Vamos nos acostumar rapidamente", completou o piloto.