F1

Sainz adota mentalidade “de ano em ano”, mas já sonha em conduzir McLaren “rumo ao topo” da F1

Carlos Sainz Jr. ainda não quer pensar muito adiante, mas reconhece que o principal objetivo na passagem pela McLaren é ajudar no processo de reestruturação. Antes disso, todavia, Carlos promete pensar de ano em ano, sem passos maiores do que a perna
Warm Up / Redação GP, de Berlim
 Carlos Sainz Jr. (Foto: McLaren)
A chegada de Daniel Ricciardo à Renault é vista com muita animação por todos na equipe. Cyril Abiteboul, chefe do time, inclusive chegou a comparar a recepção ao australiano com a época de glórias de Fernando Alonso, quando o espanhol conquistou o bicampeonato, em 2005 e 2006.
 
Carlos Sainz Jr. chegou na McLaren com um contrato de dois anos de duração, mas nada que impeça sonhos mais grandiosos no longo prazo em Woking. O espanhol quer começar em 2019 o projeto ousado de ser um dos responsáveis pelo retorno da equipe britânica às brigas por vitórias e títulos.
 
“Tenho um contrato de dois anos com a McLaren, mas quero ver a equipe crescer como piloto e fã”, disse Sainz, entrevistado pelo jornal espanhol ‘Marca’. “Quero começar tendo um bom primeiro ano e uma boa integração com a família McLaren, mas meu objetivo no momento é passar vários anos aqui. Vou pensar de ano em ano, mas quero ser uma das peças chave para ajudar a McLaren a voltar ao topo”, continuou.
 
Sainz chega com o fardo de ser o piloto principal da McLaren – posto anteriormente ocupado por Fernando Alonso, ídolo de infância. Enquanto o companheiro Lando Norris enfrenta as dificuldades da temporada de estreia, Carlos vai ter a tarefa de evitar que 2019 seja pior do que o frustrante ano de 2018, quando a escuderia terminou o Mundial de Construtores em sexto. 
Carlos Sainz Jr. tem objetivos grandiosos na McLaren (Foto: McLaren)
“Quero ver resultados melhores do que os de 2018. A McLaren é perfeitamente capaz disso e é por isso que estou aqui. É a segunda equipe com mais sucesso na história da F1. Eles já venceram antes e espero que se lembrem de como se faz isso. Aos poucos, no médio prazo, vamos começar a subir esses degraus rumo ao topo”, avisou.
 
Para a McLaren, 2019 começa para valer em 14 de fevereiro, data escolhida para o lançamento do novo MCL34. A primeira corrida, por sua vez, fica para 17 de março – o GP da Austrália, em Melbourne.