Sainz bloqueia Albon durante Q1 da classificação e perde três posições no grid para GP do Canadá

Carlos Sainz Jr sofreu um forte golpe antes mesmo do início do GP do Canadá. Após a classificação deste sábado (7), o espanhol acabou penalizado por bloquear Alexander Albon ainda no Q1, perdendo três posições do grid de largada

Carlos Sainz sofreu um grande revés antes mesmo da largada do GP do Canadá. Neste sábado (7), após a classificação, o espanhol recebeu uma punição e perdeu três posições no grid de largada, saindo apenas em 12º.
 
Durante o Q1 da tomada de tempos em Montreal, o titular da McLaren acabou atrapalhando o giro rápido de Alexander Albon. Com o encerramento das atividades, então, foi chamado pelos fiscais por “pilotar excessivamente lento” e por “impedir o carro #23” na curva 2.
Alexander Albon (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Após a análise das imagens e ouvir os dois envolvidos, o espanhol acabou recebendo uma penalização e perdeu três posições do grid de largada, caindo para a 12ª posição.
 

“Albon estava em uma volta rápida quando se aproximou de Sainz, que estava lento na linha de corrida na curva 2. Sainz estava no rádio com a equipe, falando sobre os pneus. O aviso do time sobre a aproximação de Albon foi muito tarde. Por causa disso, Albon abortou o giro”, informou o documento oficial da FIA.
 
Carlos se desculpou pelo ocorrido. “É um incidente pelo qual me desculpo e toda a equipe se desculpa. Acabou nos custando três colocações”, ressaltou o espanhol.
 
GRANDE PRÊMIO acompanha todos os treinos livres, a classificação e o GP do Canadá de Fórmula 1 AO VIVO e em TEMPO REAL
 

#GALERIA(9799)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube