Sainz coloca foco na briga pelo quinto lugar do Mundial de Construtores: “Precisamos alcançar e passar a Lotus”

A Toro Rosso começou 2015 sonhando com o quinto lugar no Mundial de Construtores. No momento, ocupa a sétima posição e tem 16 pontos a menos que a Lotus

É de olho na Lotus que a Toro Rosso corre, neste fim de semana, o GP da Rússia.
 
A equipe italiana começou o ano com a intenção de terminar o Mundial de Construtores na quinta posição. A cinco provas do fim do campeonato, está no sétimo lugar com 16 pontos a menos que a Lotus. A quinta colocada é a Force India, com 77 tentos.
 
Mas, embora a Lotus tenha feito uma apresentação melhor no GP do Japão, há duas semanas, Carlos Sainz está confiante de que seu time pode dar a volta por cima e pelo menos se aproximar do objetivo inicial.
Bela imagem do contraste do azul da Toro Rosso de Sainz com o prata da Mercedes de Rosberg (Foto: AP)
“Deve ser um bom fim de semana para nós e, esperançosamente, vamos continuar brigando por pontos. Precisamos alcançar e passar a Lotus no campeonato”, disse o espanhol.
 
Max Verstappen, seu companheiro de equipe, ainda acredita que as características do circuito de Sochi vão bater com as forças da Toro Rosso. 
 
“Sochi parece ser uma pista interessante. Deve casar bem com o nosso carro, então, esperançosamente, vamos ter mais um fim de semana forte”, disse o novato holandês.
 
“Eu nunca andei lá, mas nós fizemos um bom trabalho no simulador e assim já estou familiarizado com a pista. Parece um circuito em que há pontos de ultrapassagem e, esperançosamente, não vou precisar largar lá atrás de novo neste fim de semana!”.
 
Os treinos para o GP da Rússia começam na madrugada de quinta para sexta pelo horário de Brasília, a partir das 4h. No domingo, a corrida será às 8h.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube