Sainz mostra otimismo com forma da Renault na pré-temporada e vê chances de pódio. Mas pede “paciência”

A Renault despertou a atenção de muita gente nos testes de pré-temporada da F1 em Barcelona e deixou Carlos Sainz Jr. bastante otimista. Contudo, ao mesmo tempo, o jovem espanhol pediu cautela e, principalmente, paciência. Sainz contou que curte a expectativa dos fãs e a dele próprio para conquistar seu primeiro pódio, mas o principal no momento é fazer corridas consistentes e conquistar resultados com naturalidade: “Tenho de colocar os pés no chão e ser um pouquinho mais realista”

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A chance de deixar a Toro Rosso para correr pela Renault desde as últimas provas de 2017 deu a Carlos Sainz a possibilidade de defender pela primeira vez uma equipe de fábrica, com mais recursos para lhe proporcionar resultados melhores no seu ainda início de carreira na F1. E suas perspectivas melhoraram significativamente, ao menos em teoria, depois do bom desempenho mostrado pelo R.S.18 nos testes de pré-temporada em fevereiro e março em Barcelona. A equipe de Enstone chamou a atenção de muitos, como a McLaren e a Mercedes, pelo seu potencial, de forma que o jovem espanhol aposta até em chances de pódio. Mas destacou de forma incisiva: é preciso muita paciência.

 
Em evento promocional de um patrocinador em Madri, Sainz frisou por várias vezes a palavra ‘paciência’. Mas se mostrou também muito otimista com o que a Renault pode fazer nesta temporada.
 
“A Renault está fazendo um bom trabalho, está se preparando muito bem para a temporada. Se desenvolveu muito nesses últimos meses e, além de realista, também sou otimista e estou muito ansioso para esta temporada. É preciso ter paciência neste ano, vão ser 21 corridas, um ano muito longo, com uma equipe oficial”, declarou o piloto de 23 anos, que prefere esperar um pouco mais para ver o nível da sua equipe na comparação com as demais rivais.
Carlos Sainz Jr. pediu muita paciência, mas crê que primeiro pódio é possível em 2018 (Foto: Renault)
“Para mim, essa temporada ainda é uma incógnita. É preciso ser paciente até ter as armas adequadas e, pouco a pouco, ir se aproximando de equipes como a Mercedes”, pontuou.
 
Sainz já disputou 60 GPs na F1. Seu melhor resultado foi o quarto lugar no GP de Singapura do ano passado, o antepenúltimo antes de se transferir para a Renault, no lugar de Jolyon Palmer. O pódio, na visão de Carlos Jr., está perto, mas é preciso, novamente, paciência. Para o piloto, o principal e mais importante é ser consistente nas corridas do que obter um pódio ocasional.
 
“Quando tiver de ser, vai ser. Talvez nesta temporada tenha alguma opção, sempre há duas ou três corridas em que chove, há toques, você está em sétimo e de repente vai para quarto. Se você fizer tudo muito bem e passar uma Mercedes, uma Ferrari ou uma Red Bull, dá para fazer pódio. Mas isso é um caso especial. Você precisa que aconteçam muitos fatores”, declarou.
 
“Temos de ser muito pacientes. Prefiro ter um ano bom, com 95% das corridas com o carro no máximo, a terminar uma corrida no pódio. Isso eu posso garantir”, disse Sainz.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Sobre a pressão dos fãs para subir ao pódio, Carlos disse que é uma situação que lhe agrada por sentir que as pessoas sabem do seu potencial. Mas quando veste o capacete e o macacão, a empolgação dá lugar à cautela.

 
“É um bom sinal que haja alguma pressão, me motiva porque as pessoas querem que eu faça um bom trabalho, que eu tenha sucesso. O famoso pódio, pelo qual todo mundo está perguntando se vai acontecer neste ano, gosto disso, curto. Mas tenho de colocar os dois pés no chão e ser um pouquinho mais realista, mas gosto que as pessoas queiram que as coisas corram bem”, concluiu.
”VOCÊ TEM DE RESPEITAR”

EMOÇÃO GENUÍNA DE BARRICHELLO É EXEMPLO DE MOTIVAÇÃO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube