Satisfeito com programação atípica em Austin, Räikkönen defende ideia de fim de semana de apenas dois dias na F1

Kimi Räikkönen defendeu a abolição das sextas-feiras do fim de semana de GPs da F1. Bastante satisfeito com a programação atípica e enxuta do GP dos Estados Unidos, o piloto da Ferrari acredita que o ideal seria que a categoria tivesse apenas dois dias de atividades: “Seria muito mais barato para as equipes”, disse

O fim de semana do GP dos Estados Unidos foi dos mais atípicos dos últimos tempos na F1. Em virtude das fortes chuvas na região do Circuito das Américas, em Austin, no Texas, a direção de prova optou por cancelar o segundo treino livre, na sexta-feira, e também o Q3 do treino classificatório. A corrida, que foi seguramente uma das mais incríveis de toda a temporada, foi realizada no seu horário previsto, já que o clima melhorou bem antes da largada. Kimi Räikkönen gostou de ter pela frente uma programação mais curta e defendeu mudanças na F1 nesse sentido.

Na visão do campeão do mundo de 2007, o cenário ideal para a F1, em tempos de contenção de despesas, é ter um fim de semana mais enxuto, abolindo a sexta-feira e reduzindo suas atividades apenas para sábado e domingo.

Kimi Räikkönen defende a ideia de fins e semana mais enxutos para a F1 (Foto: Ferrari)

Depois do que viu em Austin, Kimi se tornou partidário da ideia. “Acho que foi tudo bem. Obviamente, começamos um pouco mais tarde, mas, para ser sincero, seria muito legal ter fins de semana de dois dias. Desta forma, todo mundo poderia ver os carros sempre na pista”, explicou o piloto em entrevista coletiva pouco depois da corrida no Texas.

O piloto da Ferrari acredita que a mudança seria importante em todos os sentidos e seria bem-vinda pelo público, que teria a garantia de ter um sábado muito mais movimentado na pista.

“Em alguns casos, nós não podemos andar porque não temos pneus suficientes ou então porque temos de poupar os motores. Obviamente, isso significa que o público não pode ver muitos carros andando. Eles vêm para nos ver treinando e correndo, então acho que nós facilmente poderíamos gerenciar isso em dois dias, como mostramos aqui.”

“Não foi um fim de semana muito movimentado, é somente a forma como estamos acostumados a isso. Se isso foi planejado, então tudo vai se encaixar em torno disso. Seria bom, acho que seria algo bem agradável”, sugeriu o piloto.

Uma das ideias de Kimi é encaixar os três treinos livres no sábado. “Acho que poderíamos fazer todos os três treinos em um só dia. Há certas razões, acho que porque nós temos três dias, mas seria muito mais barato para todas as equipes seguir adiante em menos dias”, indicou.

Entretanto, o finlandês fez uma providencial ressalva. “Mas eu não faço as regras, fazemos o que eles querem”, concluiu.

 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Räikkönen quer só dois dias de ação por fim de semana da…

Posted by Grande Prêmio on Segunda, 26 de outubro de 2015

VIU ESSA? O POLÊMICO INCIDENTE ENTRE ROSSI E MÁRQUEZ NA MOTOGP

determinarTipoPlayer(“15655524”, “2”, “0”);

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube