F1
03/04/2017 13:23

Sauber antecipa decisão e mantém Giovinazzi no lugar de Wehrlein no fim de semana do GP da China

Pascal Wehrlein não conseguiu se recuperar totalmente da lesão que sofreu na Corrida dos Campeões e vai perder mais uma prova na temporada 2017 da F1. Assim como na Austrália, Antonio Giovinazzi corre ao lado de Marcus Ericsson pela Sauber
Warm Up / VITOR FAZIO, de Porto Alegre / GABRIEL CURTY, de São Paulo
 Antonio Giovinazzi (Foto: Sauber F1 Team)
 

Não vai ser dessa vez que Pascal Wehrlein vai disputar seu primeiro GP em 2017. A Sauber confirmou que Antonio Giovinazzi vai substituir Wehrlein no GP da China, marcado para o próximo final de semana. O piloto alemão explica que, ao invés de se arriscar com os exigentes carros da F1, vai focar na fase final da recuperação física, necessária após uma lesão nas costas em dezembro, na Corrida dos Campeões.

"O mais importante para mim é poder treinar de forma intensa e garantir que eu tenha uma performance ideal o mais breve possível. Só assim eu vou estar bem preparado para disputar minha primeira etapa completa com a Sauber. Espero que seja no Bahrein mas, se não for, aí vamos tirar o tempo necessário até o GP da Rússia para que eu esteja totalmente pronto", disse Wehrlein.
Pascal Wehrlein (Foto: Sauber F1 Team)
Ao contrário do GP da Austrália, quando Wehrlein tomou a decisão de se afastar pouco antes do treino classificatório, a Sauber conseguiu se planejar com mais antecedência. A equipe já planejava levar Giovinazzi para Xangai como ‘Plano B’. Agora como titular, Antonio vai disputar todas as atividades na China.

A Sauber afirma que a decisão visa “garantir que Wehrlein volte ao C36 na melhor forma física possível”. Mas ainda não existe prazo para isso: a própria escuderia admite que isso pode acontecer “no GP do Bahrein ou no GP da Rússia”. A corrida no Oriente Médio acontece uma semana depois do GP chinês, dando pouco tempo para Pascal se recuperar.
 
Antonio Giovinazzi já havia disputado o GP da Austrália. Mesmo sendo chamado de última hora, o italiano trouxe um bom 12º lugar logo em sua estreia. Antes disso, o italiano já tinha participado da pré-temporada em Barcelona, também substituindo Wehrlein.
 
PADDOCK GP #71 ANALISA ETAPAS DE ABERTURA DAS TEMPORADAS 2017 DA F1 E MOTOGP