F1

Sauber promove reestruturação com troca de acionista majoritário e se aproxima de venda para Alfa Romeo, diz site

A Longbow Finance, empresa que detinha a maior parte das ações da Sauber, vendeu sua participação para a Islero Investments, que tem na sua composição acionária nomes como Pascal Picci, Alessandro Bravi e Frédéric Vasseur, reporta o site do semanário Handelszeitung, que vê uma chance maior de o time ser vendido para sua atual parceira comercial, a Alfa Romeo
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Marcus Ericsson (Foto: Beto Issa)

Sem alarde, a Sauber teve uma mudança significativa no seu quadro societário. A Longbow Finance, que assumiu o controle da equipe suíça ao comprar as ações que eram do fundador, Peter Sauber, passou sua parte para outra empresa de investimentos. A Islero Investments é a nova acionista majoritária, após Pascal Picci, presidente da Sauber, confirmar a negociação ao semanário suíço 'Handelszeitung'.

A pubicação helvética também informa que uma delegação da equipe vai a Maranello se reunir com a Ferrari nesta semana, o que é considerado mais um passo em frente sobre uma eventual aquisição em definitivo da Sauber pela Alfa Romeo, marca vinculada à Ferrari.
 
"A Islero Investments assumiu a posição da Longbow Finance", confirmou Pascal Picci, que assumiu a presidência da Sauber depois da compra da equipe, há dois anos.
 
A Islero Investiments é uma empresa sediada em Hinwill, mesma cidade-sede da Sauber, e seus membros já possuem relações muito próximas com o time. Entre os administradores estão Frédéric Vasseur, atual chefe da equipe, Alessandro Bravi, empresário de pilotos e o próprio Pascal Picci.
A Sauber tem novo acionista-majoritário: a Islero Investments (Foto: Sauber)
A aproximação entre Sauber e Ferrari é histórica e se estreitou ainda mais nos últimos anos. No passado, com o acordo no fornecimento de motores. Para essa temporada, a proximidade se deu, entre outras coisas, com a parceria comercial com a Alfa Romeo. A parceria com a marca de Maranello também abriu as portas para a chegada de Charles Leclerc. O talentoso piloto monegasco é cria da Academia de Pilotos da Ferrari e vem sendo preparado pela escuderia italiana como um nome para o futuro..
 
Desde então, os laços com a escuderia italiana só tem aumentado. Recentemente, a Sauber substituiu seu diretor-técnico Jorg Zander por Simone Resta, designer-chefe e ex-membro da Ferrari. 
 
A crescente colaboração e proximidade tem aumentado a expectativa de um acordo entre as duas equipes, e a mudança na propriedade das ações majoritárias surge como um forte indicativo de que a compra pode ser efetivada em breve. Contudo, Picci afirmou que, no momento, a autonomia do time continua. “A Sauber vai continuar independente no futuro previsível”, encerrou o executivo. 
PADDOCK GP ESPECIAL BAR DO ZÉ #1

AFINAL DE CONTAS, MÔNACO MERECE OU NÃO CONTINUAR NA F1?