Schumacher erra, bate e causa bandeira vermelha. Mas passa ao Q2 na França

Apesar do erro, Mick Schumacher fez com que o Q1 terminasse como estava: com ele na 14ª posição e dentro da fase seguinte

Mick Schumacher perde controle e bate de leve em classificação do GP da França (Vídeo: F1)

O Q1 do treino de classificação deste sábado (19), em Paul Ricard, na França, terminou com uma bandeira vermelha assinalada apenas 22 segundos antes do final. O motivo foi um acidente de Mick Schumacher, que rodou sozinho na curva sete, bateu e abandonou o treino. Mas com um detalhe: garantiu a classificação para a fase seguinte.

Schumacher fazia – e fez, na verdade – seu melhor treino de classificação na Fórmula 1. O tempo inteiro dentro da nota de corte para o Q2, abria uma última volta rápida quando rodou na curva sete e foi parar com a lateral esquerda do Haas #47 no guard-rail.

Como faltava tão pouco tempo, a direção de prova resolveu encerrar de vez a sessão, uma vez que ninguém teria como abrir nova volta em 22 segundos. Foi a sorte de Mick, que ficou com a 14ª posição que já ocupava.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Mick Schumacher passou ao Q2, mas bateu antes (Foto: F1/Reprodução)

Sorte dele, azar de outros. Depois de Yuki Tsunoda causar bandeira vermelha logo no começo e fazer com que os primeiros tempos demorassem quase 10 minutos para surgirem, Lance Stroll ainda não tinha volta rápida. O canadense teve sua única volta anterior cancelada e estava na pista para confortavelmente passar ao Q1. Kimi Räikkönen foi outro pelo no pulo.

Com tudo isso, o Q2 ficou com somente 14 carros. Schumacher, a não ser que precise trocar alguma coisa no carro, larga mesmo em 15º.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do fim de semana do GP da França, em Paul Ricard, AO VIVO e EM TEMPO REAL. A corrida está marcada para as 10h (de Brasília) do domingo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar