Schumacher esquiou cerca de 20m fora de pista antes do acidente, afirma revista francesa

De acordo com a revista francesa ‘Paris Match’, Michael Schumacher tinha planejado roteiro nos Alpes Franceses no dia anterior e, sem aviso, saído de pista, onde rodou por apenas 20 metros antes do acidente

Acompanhe o noticiário completo sobre o acidente de Michael Schumacher


Com Michael Schumacher em coma induzido e seus amigos e familiares concentrados em sua recuperação, as exatas circunstâncias do acidente de domingo nos Alpes Franceses seguem sendo alvo de muitas especulações. Nesta terça-feira (31), a revista francesa ‘Paris Match’ noticia que heptacampeão de F1 rodou apenas 20 metros fora de pista na estação de esqui de Méribel, em Saboia, antes de cair e bater a cabeça em uma pedra
 
No último domingo, Schumacher foi esquiar em Méribel, onde possui um chalé, acompanhado do filho de 14 anos, Mick, e de alguns amigos. Ainda na parte da manhã, Michael caiu e bateu a cabeça em uma rocha. Resgatado por patrulheiros, o ex-piloto foi removido de helicóptero para um hospital em Moûtiers, mas logo transferido para o Centro Hospitalar Universitário de Grénoble, onde chegou em coma.
Revista diz que Schumacher rodou cerca de 20 metros fora de pista antes do acidente (Foto: Mercedes)
As imagens da carreira de Michael Schumacher

Desde então, Schumacher já foi submetido a duas cirurgias para a remoção de hematomas e para aliviar a pressão intracraniana. Embora os médicos tenham identificado uma leve melhora no quadro do germânico, a condição de Michael permanece crítica.

 
Segundo o semanário francês, Schumacher conhece as pistas de Méribel como a palma da mão e evita as partes mais altas por conta do risco de avalanche. Ainda de acordo com a publicação, na noite anterior, o germânico de 44 anos havia planejado o roteiro do passeio com um mapa da estação em mãos. 
 
Na manhã de domingo, ainda segundo a ‘Paris Match’, depois de duas horas esquiando, Schumacher decidiu se arriscar fora de pista. O fora de pista é comum entre esquiadores mais experientes e consiste em rodar em um trecho não monitorado.
 
Nas estações de esqui, máquinas percorrem trechos pré-determinados limpando a via, retirando árvores e pedras, o que torna a neve mais uniforme e compacta. Fora de pista, entretanto, o terreno é mais irregular, já que conserva as características naturais, com árvores, rochas e neve fofa.
 
Pelo relato do semanário francês, Schumacher percorreu 20 metros antes de cair e se lesionar. “Os amigos acionaram o resgate quando viram a queda”, diz o relato da ‘Paris Match’. 
 
“Ele estava consciente da chegada do resgate, mas seu discurso era incoerente e o trauma na cabeça foi considerado ‘severo’ desde o início, o que significa risco de uma substancial sequela neurológica ou de morte”, continua o relato.
 
Nesta terça-feira, Sabine Kehm, assessora de imprensa de Schumacher, garantiu que a velocidade não foi um fator no acidente, já que Michael caiu pouco após ajudar um amigo que tinha tombado. Ainda de acordo com a porta-voz da família, o ex-piloto teve muito azar
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube