Schumacher fala que Interlagos é palco ideal para despedida e diz: “Muito do fascínio da F1 está lá”

Piloto alemão vai fazer sua última prova neste final de semana e vai deixar a Mercedes após três temporadas na equipe. Ele confessou que pretende aproveitar melhor a segunda aposentadoria da categoria

Aos 41 anos, Michael Schumacher vai deixar a F1 pela segunda vez, mas diferente da primeira aposentadoria, o piloto deixa a categoria em baixa e sem apresentar os resultados esperados pela maioria. E, por coincidência, o GP do Brasil será o palco do segundo adeus do maior campeão da história da F1 e ele fez muitos elogios ao circuito de Interlagos.

“Interlagos é o lugar certo para terminar a minha carreira, porque muito do fascínio da F1 está enraizado lá. Eu sempre aproveitei o entusiasmo dos fãs em um ótimo circuito que tem visto muitas provas memoráveis e sempre produz corridas espetaculares. O desenho da pista garante muitas disputas. Para mim, também é o circuito que traz de volta minhas lembranças de Ayrton [Senna]”, disse o piloto da Mercedes.

Michael Schumacher vai deixa a F1 pela segunda vez na carreira (Foto: Mercedes)

Mas apesar de todas as lembranças, ele admite que a segunda despedida não vai render a mesma emoção do que a primeira, em 2006, quando lutava pelo título como piloto da Ferrari e chegou ao GP do Brasil com chances de conquistar o oitavo título, então o sexto em sete anos.

“Minha saída da F1 vai ser menos emocionante para mim do que em 2006, quando ainda estávamos lutando pelo campeonato e tudo foi mais intenso. Desta vez, vou ser capaz de dar mais atenção à minha despedida e espero aproveitá-la também”, explicou.

O piloto aproveitou para agradecer os bons momentos na categoria e espera, ao menos, dar aos fãs uma boa prova. “Tive anos fantásticos na F1 e muito suporte dos fãs pelo mundo, e gostaria de agradecer especialmente a eles por isso. Naturalmente, terminaria feliz se pudesse dizer adeus com uma prova boa. Tenho certeza que vamos fazer de tudo para que isso aconteça”, finalizou.

O Grande Prêmio vai acompanhar a decisão do Mundial 2012 da F1 'in loco' em Interlagos com grande equipe: Flavio Gomes, Victor Martins, Evelyn Guimarães, Fernando Silva e Juliana Tesser.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube