Schumacher vê como chocante domínio de Vettel: “Sou feliz por não ser seu companheiro de equipe”

Michael Schumacher se mostrou assombrado com o domínio que o compatriota Sebastian Vettel impôs na F1 e disse não se importar se o tetracampeão bater seus recordes

Michael Schumacher viu como "chocante" o domínio que Sebastian Vettel impôs na F1, mas especialmente sobre seu companheiro de Red Bull, Mark Webber. Mais uma vez, o alemão elogiou muito o compatriota e disse não se importar se Vettel quebrar todos os seus recordes no Mundial.

"Ele fez um grande trabalho, muito consistente. Basta olhar para seu companheiro de equipe, que é o ponto de referência sempre. Quer dizer, Seb ganhou todas essas corridas, foram 13 neste ano. Mark Webber não venceu nenhuma. Isso é muito chocante. Estou realmente feliz por não ser companheiro de equipe de Sebastian", disse o heptacampeão.

Schumacher elogiou o compatriota, mais uma vez (Foto: Bruno Terena/ Grande Prêmio)

"Mas ele é verdadeiramente digno de ser campeão. Estou realmente feliz por ele. Se tem alguém pode quebrar todos os recordes, é Seb. E eu prefiro que seja ele", completou Schumacher, recordista de vitórias na F1.

O ex-piloto ainda falou sobre a aposentadoria das pistas e insistiu em dizer que não se arrependeu em parar de competir. "A F1 é certamente o ponto mais alto do esporte a motor e é absolutamente incrível pilotar o carro", disse. "Eu gostei muito de guiar em Nürburgring neste ano, mas foi apenas para me divertir. Agora, se for para algo mais sério, aí não quero mesmo."

"Estou um pouco cansado disso e é por está razão que decidi deixar o esporte. A Mercedes me deu uma opção de continuar, mas eu realmente não queria. Eu tenho agora uma nova vida e adoro. É muito bom. Mesmo se voltarmos depois da minha primeira aposentadoria, eu realmente não perdi nada, porque tenho outras coisas prazerosas para fazer e essa é uma boa vida", acrescentou.

O sete vezes campeão mundial, entretanto, revelou ainda que não está totalmente longe das pistas. Michael orienta jovens pilotos e ainda tem fortes ligações com categorias de kart. "Estou cuidando de jovens pilotos no kart. Sempre fui muito próximo disso. Tenho um amigo que constrói os karts e gosto de testar e desenvolver para ele. Sim, o kart é um mundo fascinante que ainda amo", encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube