Se acontecer, GP da Hungria vai ser realizado com portões fechados, confirma organização

A etapa magiar do calendário 2020 do Mundial de F1 originalmente ainda está marcada para 2 de agosto. Contudo, a nova restrição imposta pelo governo local, de impedir eventos com mais de 500 pessoas no país até o dia 15 do oitavo mês, levou a organização da prova a determinar que, se a corrida acontecer, vai ser sem a presença do público

Recentemente, o governo da Hungria baniu eventos com mais de 500 pessoas até 15 de agosto para frear o avanço da pandemia do novo coronavírus no país. Tal decisão impactou diretamente a organização do GP da Hungria, prova originalmente marcada no calendário da temporada 2020 do Mundial de F1 para 2 de agosto. A cúpula que gerencia a realização do evento magiar chegou à conclusão de que não vai ser possível promover o evento com a presença do público e fez o anúncio nesta sexta-feira (1).
 
O GP da Hungria, contudo, segue fazendo parte dos planos do Liberty Media. O GRANDE PRÊMIO soube que, em um dos estudos sobre o calendário revisado planejado pela empresa dona da F1, há a previsão de realizar duas corridas em Hungaroring: em 16 e 23 de agosto, portanto depois da restrição determinada pelo governo local.
 
Em comunicado enviado à revista britânica ‘Autosport’, a organização do GP da Hungria não falou sobre datas, mas ressaltou que a corrida só vai acontecer com portões fechados.
Organização luta para garantir o GP da Hungria no calendário da F1 em 2020 (Foto: Beto Issa)
“A decisão do governo húngaro de impedir eventos com mais de 500 pessoas no país até 15 de agosto claramente teve um impacto direto sobre a corrida. A equipe de Hungaroring vem mantendo contatos regulares com a F1 para explorar todas as formas possíveis de realizar a corrida diante dos fãs. Entretanto, à luz desta decisão, isso infelizmente não é mais possível”, diz a nota.
 
“A saúde e o bem-estar de todos os nossos fantásticos fãs da F1, staff e participantes do campeonato têm sido e segue sendo nossa principal preocupação ao longo deste período e, com isso em mente, infelizmente não temos outra opção a não ser chegar a essa conclusão”, explica a organização do evento.
 
“Enfatizamos continuamente nossa disposição de trabalhar em direção a uma solução segura que nos permita receber toda a família da F1 em Hungaroring em agosto deste ano, mas agora é evidente que qualquer corrida de F1 na Hungria agora só pode se realizada com portões fechados. Embora não seja este um cenário ideal, acreditamos que a realização do evento a portas fechadas, que nossos fãs ainda podem assistir pela televisão, é melhor do que não ter uma corrida. Além disso, isso também vai garantir que uma audiência global de milhões de pessoas possa ainda assistir à corrida na Hungria por meio da vasta cobertura internacional da F1”, pontua o GP da Hungria.
 
“Como tal, continuamos nosso trabalho com a F1 para tentar encontrar uma maneira de tornar isso possível”, finalizou.

Paddockast #58
COMO SERIA O GRID DA F1 SEM PILOTOS DA F1?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora