Vettel coloca oito carros esportivos de coleção pessoal à venda. E cinco são Ferrari

O alemão não divulgou o motivo de estar se desfazendo de oito modelos de sua garagem. Além de carros da Ferrari, há BMW e Mercedes à venda

Sebastian Vettel colocou oito carros de sua coleção pessoal à venda. Entre os esportivos que estão disponíveis para compra estão cinco modelos da Ferrari, obtidos durante o período em que o tetracampeão defendeu o time italiano, duas Mercedes e uma BMW.

Britta Roeske, assessora do piloto, confirmou que Sebastian está negociando os carros e que já vendeu dois. Entretanto, o atual competidor da Aston Martin não revelou o motivo que o levou a querer se desfazer dos superesportivos.

Quem está responsável pelos anúncios é o concessionário de carros de luxo Tom Hartley Jr, que escreveu em seu perfil no Instagram: “Estamos muito felizes em compartilhar algumas de nossas últimas novidades, todas vindas diretamente da coleção do tetracampeão de Fórmula 1 Sebastian Vettel. Todos os carros estão localizados, registrados e com os impostos pagos na Suíça”.

Vettel traz toque pessoal nos oito carros em que colocou à venda (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Levantou-se a possibilidade da venda acontecer pelo fato de o alemão passar a defender a Aston Martin em 2021. Entretanto, a equipe já se pronunciou sobre o caso. “Não sabemos de nada dos planos de Sebastian em relação a sua coleção de carros e não fizemos nenhum pedido nesse quesito”, informou um representante à publicação Auto Motor und Sport.

Em sua coleção, Vettel já adquiriu também alguns históricos carros da F1, como a McLaren de Ayrton Senna e a Williams de Nigel Mansell, do campeonato de 1992.

Todos os carros possuem pouca quilometragem e contam com um toque especial – nos assentos do motorista e do passageiro está impresso o logo do piloto que conquistou quatro títulos mundiais na F1.

Tem até Ferrari amarela entre os carros à venda (Foto: Reproduçã)

Confira a lista de carros que Sebastian Vettel colocou à venda:

2016 Ferrari LaFerrari (vendida)

O carro que o alemão colocou à venda é uma das últimas 500 unidades do modelo da marca italiana. Possui motor elétrico como um V12 de 6.3 litros e rodou apenas 489 quilômetros.

2004 Ferrari Enzo (preço não divulgado)

É o carro mais valioso de Vettel ainda à venda. Tom Hartley afirmou que “o exemplo mais fino oferecido à venda em qualquer lugar”. O propulsor é um V12 de 6 litros e tem tecnologia de um Fórmula 1, com transmissão semi-automática e andou apenas 1.789 quilômetros.

1996 Ferrari F50 (vendido)

O modelo é o mais antigo que Sebastian colocou à venda. O motor V12 de 4.7 litros foi desenvolvido a partir dos modelos da F1 no início dos anos 1990. O piloto o adquiriu pouco depois de passar a defender o time e em seus 25 anos de existência, tem quilometragem rodada de 6.936.

Um dos modelos de Ferrari que o alemão colocou à venda (Foto: Reprodução)

2016 Ferrari F12TDF (cerca de R$ 5.6 milhões)

O tetracampeão adquiriu a Ferrari amarela em seu segundo ano com a escuderia de Maranello, especificando três camadas de pintura (Giallo triplo strato). O motor V12 de 6.3 litros rodou apenas 1.155 quilômetros e mal foi usado nos últimos três anos.

2015 Ferrari 458 Speciale (cerva de R$ 3.2 milhões)

O modelo foi o primeiro que o competidor de 33 anos encomendou nova. Desde que a comprou, o motor V8 de 4.5 litros rodou apenas 3.065 quilômetros.

2009 Mercedes-Benz SL65 AMG Black Series (cerca de R$ 2 milhões)

O SL65 é o único carro que Vettel colocou à venda e, na verdade, não comprou, mas ganhou de presente dos organizadores após vencer o primeiro GP de Abu Dhabi com a Red Bull. Apenas 350 exemplos foram feitos da versão Black Series, que conta com motor V12 de 6 litros e modificações na carenagem. O carro andou 2.819 quilômetros.

Vettel e os oito carros à venda: qual compraria? (Foto: Reprodução)

2010 Mercedes-Benz SLS AMG (cerca de R$ 1.3 milhão)

Vettel comprou o seu próprio modelo do safety-car da F1 que esteve na categoria entre os anos de 2010 e 2012. O carro, com um motor V8 6.3 litros, foi pedido durante sua época na Red Bull e rodou 6.928 quilômetros.

2002 BMW Z8 Roadster (cerca de 1.3 milhão)

Apesar de já ter tido apoio da BMW em sua carreira, o alemão comprou o modelo do carro em 2015 dos Estados Unidos, durante seu primeiro ano de Ferrari. Depois de importá-lo para a Suíça, mandou para o BMW Classic para uma repaginação, incluindo mudando a eletrônica de norte-americana para europeia. Apesar de ter 20 anos, o carro de motor V8 de 5 litros rodou 21.716 quilômetros.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube