Vettel diz que GP da Bélgica foi “amargo” para fãs, mas defende “decisão correta” da FIA

Sebastian Vettel compreendeu a decisão da direção de prova da FIA sobre não correr neste domingo na Bélgica

Sebastian Vettel fica furioso com direção de prova após acidente de Lando Norris no Q3 (Vídeo: Reprodução)

A postura da direção de prova da Fórmula 1, capitaneada por Michael Masi, foi duramente criticada por Sebastian Vettel no sábado em razão da batida fortíssima de Lando Norris na Eau Rouge no Q3 da classificação em Spa-Francorchamps, No domingo, o discurso do tetracampeão mundial sobre o caótico domingo (29) e a não-corrida no GP da Bélgica, Seb entendeu que a decisão de não levar a disputa adiante foi acertada. Ainda que os fãs, no fim das contas, tenham sido prejudicados quanto à falta do espetáculo.

“É muito difícil. Há interesses diferentes. O maior interesse deve ser nossa segurança. Neste aspecto, provavelmente foi a decisão correta, o tempo não está melhorando”, disse ele, em entrevista à emissora britânica Sky Sports.

“Para as pessoas, claro, é algo amargo. Não sei há quanto tempo as pessoas estão sentadas à frente da televisão também. É uma pena”, comentou o piloto da Aston Martin, declarado como quinto colocado na classificação final da corrida.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Sebastian Vettel definiu a decisão da FIA no GP da Bélgica como correta (Foto: Aston Martin)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

F1 define calendário 2021 com Turquia, GP de São Paulo e data reservada para Catar

Depois de incertezas, um adiamento de mais de três horas e, enfim, relargada — que aconteceu exatamente às 13h17 (de Brasília) — atrás do safety-car, a direção de prova da FIA decidiu por fazer duas voltas, estender bandeira vermelha, encerrar a corrida e dar metade dos pontos ao top-10.

A dificuldade de aderência e a difícil visibilidade que os pilotos tinham na pista foi crucial para os comissários decidirem encerrar o evento. E, para Vettel, foi o correto: “Provavelmente, foi a decisão certa porque não há a necessidade de correr riscos desnecessários”, acrescentou.

A Fórmula 1 volta a acelerar já no próximo fim de semana com o retorno do GP da Holanda, abrindo setembro no reformado circuito de Zandvoort.

VERGONHA NA F1! TUDO SOBRE O NÃO GP DA BÉLGICA | Briefing

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar