Vettel explica renovação de contrato e vê Aston Martin em “caminho promissor” na F1

Sebastian Vettel apontou o bom clima e a ambição da Aston Martin como fatores decisivos para permanecer na F1. O alemão está de contrato renovado para 2022

Câmera 360° no carro de Hamilton mostra como Verstappen o acertou em acidente (Vídeo: F1)

Garantido pela Aston Martin para a temporada de 2022, Sebastian Vettel aproveitou as vésperas do GP da Rússia desta semana, para elencar os motivos que o mantém na Fórmula 1. Contente com o relacionamento interno, o alemão garantiu que o clima da Aston Martin foi determinante para o ‘fico’.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Desde 2007 na F1, o tetracampeão mundial da categoria reiterou que o bom clima vivido dentro da equipe foi fundamental para que ele estendesse o contrato em um ano com os britânicos. Apesar de ter brincado que não se entusiasma mais com as coletivas de imprensa, Vettel garantiu que diversos aspectos da Fórmula 1 ainda são atrativos.

“A pilotagem [é um atrativo]. Acho que a competição, obviamente. Amo pilotar. Amo ganhar. Ano que vem muitas coisas vão mudar. Ninguém terá a vitória garantida. Mas penso nesse desafio de trabalhar com a equipe. Acho eles fantásticos, gosto deles. Tem sido uma grande temporada até aqui, talvez não em resultados, mas em termos de trabalho. O moral está alto e muitas coisas me empolgam”, disse Vettel.

“É óbvio que existem coisas que eu passei a curtir menos ao longo dos anos, como estar aqui respondendo perguntas. Mas ainda me animo com as coisas, caso contrário não estaria aqui”, brincou.

Sebastian Vettel segue na Aston Martin em 2022 (Foto: Aston Martin)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Vettel ainda citou o projeto da equipe de se tornar postulante ao título nos próximos anos como algo que o motiva a seguir ligado a Aston Martin. Mesmo sem garantir a efetividade do plano, o caminho traçado por Lawrence Stroll, dono da equipe, empolga o alemão de 34 anos.

 “Acho que o prazo de quatro ou cinco anos é justo, até olhando para o que outras equipes fizeram, quanto tempo levaram para chegar ao topo. A visão e o comprometimento que a equipe tem, a visão é impressionante. E o comprometimento é muito alto. Pode ser que aconteça antes. Pode demorar mais. Mas sinto que a equipe aponta para um caminho promissor. Sinto isso acontecer, O tempo dirá, não sei. Não estou ficando mais novo. Não é meu primeiro ano na F1. Então, veremos o que irá acontecer”, concluiu Vettel.


Em busca do objetivo de ser uma postulante ao título, a Aston Martin oficializou Martin Whitmarsh, chefe da McLaren entre 2009 e 2013, como comandante da divisão de engenharia da marca. Além disso, foi confirmada a construção de uma fábrica bilionária nos arredores de Silverstone, com entrega prevista para 2023.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar