Vettel diz que GP da Itália acabou após toque com Stroll: “Impossível reagir”

Sebastian Vettel perdeu posições após se enroscar com Lance Stroll na largada em Monza. O alemão sente que, por causa de danos no carro, não havia como retornar à zona de pontos

Lewis Hamilton e Max Verstappen batem: carro da Red Bull fica sobre o da Mercedes (Vídeo: F1)

Sebastian Vettel teve um domingo (12) frustrante em Monza. O alemão, que já não tinha se destacado muito nos outros dias de atividade, teve de se contentar com o 12° lugar em um GP da Itália que já estava destinado ao fracasso desde a primeira volta.

Vettel explica que um toque na primeira volta, com ninguém menos que o companheiro Lance Stroll, colocou tudo a perder. O alemão se viu fora da zona de pontos e, em um dia de raras ultrapassagens em Monza, não havia muito o que pudesse ser feito.

“Hoje não foi nosso dia”, admitiu Vettel. “Minha corrida terminou já na primeira volta. Eu tive uma boa largada e consegui não ficar preso na primeira chicane, mas me puxaram para fora na curva 6 e eu perdi muitas posições, também por conta dos pilotos cortando a chicane das curvas 4 e 5. O carro estava danificado também, era impossível reagir”, seguiu.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Sebastian Vettel sofreu com os pneus durante a corrida de classificação em Monza (Foto: Beto Issa)

“A gente fez nosso pit-stop logo antes do safety-car, o que foi um grande azar. A gente tinha a esperança de colar nos carros à frente, mas a gente teria de recuperar muito terreno. Alguns carros me tocaram também, o que não ajudou. Eu tive uma disputa legal com o Robert [Kubica] no fim. Quero dar meus parabéns ao Daniel [Ricciardo] pela vitória de hoje”, lamentou.

Este é o segundo fim de semana seguido de Vettel fora da zona de pontos, na esteira de um fim de semana ainda pior em Zandvoort. O alemão segue em 12° no Mundial de Pilotos, somando 35 pontos. O consolo é ver o companheiro Stroll, mesmo terminando em sétimo, incapaz de ir além de 24 tentos.

A corrida em Monza teve vitória de Daniel Ricciardo, que encerra jejum que durava desde 2018. A prova teve como destaque o acidente entre Max Verstappen e Lewis Hamilton, que abandonaram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar