Vettel nega conselho para Verstappen ser campeão do mundo: “Hamilton me venceu”

De acordo com tetracampeão Vettel, fracasso no duelo contra Hamilton faz com que qualquer conselho de como batê-lo seja impróprio

Eric Granado sofreu forte queda no fim da reta principal (Vídeo: MotoGP)

Antes de Max Verstappen na temporada 2021, o último piloto a desafiar Lewis Hamilton pelo título mundial de Fórmula 1 foi Sebastian Vettel, com a Ferrari, nas temporadas 2017 e 2018. Mas apesar da válida experiência do tetracampeão poder ensinar alguma coisa para o novo desafiante, ele próprio, Vettel, não tem qualquer interesse em distribuir conselhos.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Já em Monte Carlo para o GP de Mônaco, Vettel recebeu o pedido para oferecer um conselho a Verstappen durante a entrevista oficial da FIA. Declinou definitivamente e por um simples motivo: não teve sucesso neste mesmo desafio.

“Obviamente eu não tive esse sucesso, Lewis me venceu, então é melhor eu não dar conselho nenhum”, disse.

“Não funciona desse jeito, não vou dar conselhos. Ele quer ter sucesso, é um longo ano, muitas corridas, então sei lá”, continuou.

Hamilton e Vettel já brigaram pelo título diretamente, mas só o inglês levou a melhor (Foto: F1)

O que Vettel disse, sim, foi que a briga entre Mercedes e Red Bull, quebrando os dois anos em que o campeonato contou com somente um time dominante muito acima do restante, é positivo.

“É ótimo ter uma luta pela liderança com dois pilotos e seus dois carros diferentes, sempre duelando. Estão muito próximos em ritmo e, se você está próximo e está lutando pelo mesmo pedaço da pista, vamos ver como se desenha no restante do ano”, finalizou.

O GP de Mônaco é realizado neste fim de semana, e o GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades de forma AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar