Sem apelo, GP ‘fim de feira’ de Abu Dhabi de F1 faz Globo amargar nova derrota para Record no Ibope

A cada vez mais nítida falta de interesse pela F1 se refletiu no último domingo. Sem nada verdadeiramente relevante em jogo, o GP de Abu Dhabi rendeu à Rede Globo média de 8 pontos no Ibope. No mesmo horário, o programa Domingo Show, da Record, rendeu média de 10,5. É a segunda derrota seguida da F1 para a Record

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O desfecho da temporada 2015 do Mundial de F1 não poderia ter sido pior para a Rede Globo. Ao menos, em termos de audiência. Disputado em clima de ‘fim de feira’, o GP de Abu Dhabi, prova que encerrou o campeonato no último domingo (29), fez com que a emissora carioca fosse derrotada novamente pela rival Record no Ibope. A mesma situação aconteceu há duas semanas, durante o GP do Brasil, e só não se repetiu nos GPs dos Estados Unidos e do México porque as etapas na América do Norte foram exibidas apenas pelo canal por assinatura SporTV.

Opinião GP: Pior temporada em anos tem desfecho à altura: F1, mude já

 
Com o campeonato já definido desde Austin em favor de Lewis Hamilton, o GP de Abu Dhabi não reservou qualquer atrativo relevante ao público. A corrida, extremamente morna e desprovida de emoção ou grandes disputas na pista, definitivamente não agradou. Sem momentos de ação genuína dos pilotos em Yas Marina, restou à transmissão oficial gerada pela FOM exibir em profusão moças bebendo champanhe em hotéis de luxo nas cercanias da pista. A prova foi vencida por Nico Rosberg, seguido por Hamilton e Kimi Räikkönen. Os brasileiros tiveram uma participação apagada: Felipe Massa terminou em oitavo lugar, enquanto o novato Felipe Nasr garantiu o 15º posto.
O GP de Abu Dhabi não arrancou suspiros de ninguém e ainda fez a Globo amargar nova derrota para a Record (Foto: Getty Images)
Por isso mesmo, o Ibope registrou números que mais uma vez não devem ter agradado a Globo. A média de audiência durante o GP de Abu Dhabi foi de 8 pontos, índice que foi mantido antes e depois da prova, quando foi exibido o programa Esporte Espetacular. A F1 concorreu diretamente com o programa Domingo Show. Apresentada por Geraldo Luís, a atração anotou 11 pontos de média. Foi o recorde do programa no ano, informa o site ‘RD1’.
 
A título de comparação, outra atração esportiva da Globo, a transmissão ao vivo de Sport x Corinthians, válida pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, já conquistado pelo Timão, rendeu 16 pontos de média à emissora. A partida teve transmissão iniciada a partir das 17h no último domingo.
 
No fim de semana do GP do Brasil de F1, a corrida registrou a pior audiência da história, levando outro ‘vareio’ da Record. Durante a não menos insossa corrida em Interlagos, o Ibope prévio ficou em 10,5 pontos, contra 11,8 da emissora paulista, que duelou com a Globo com os programas Domingo Show e A Hora do Faro.
 
No caso do GP de Abu Dhabi, a queda de audiência reflete o que foi a corrida e a temporada em si: uma das piores em anos na F1
 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Pior temporada em anos tem desfecho merecido e leva a pedido: F1, mude jáhttp://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias/opiniao-gp-pior-temporada-em-anos-tem-desfecho-a-altura-e-leva-a-pedido-claro-f1-mude-ja

Posted by Grande Prêmio on Segunda, 30 de novembro de 2015

PADDOCK GP EDIÇÃO #8: ASSISTA JÁ

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube