Sem confirmar negociações com Honda para 2015, McLaren reafirma parceria com Mercedes

As especulações sobre uma volta dos japoneses vêm crescendo nos últimos meses, mas Martin Whitmarsh, chefe de equipe, negou novamente o acerto e enalteceu a parceria vitoriosa e de longa data com os alemães

Nas últimas semanas, vem se especulando muito uma possível mudança de fornecedora de motores pelos lados da McLaren. E segundo o site da revista ‘Autosport’, há indícios de que o acordo entre o time inglês e a Honda já está engatilhado para acontecer em breve, visando o propulsor V6 turbo de 1,6 L, novidade para o próximo ano da F1.

Com a opção de continuar com a Mercedes, sua atual fornecedora, a equipe inglesa está se preparando para fazer a mudança. Questionado sobre o assunto, o chefe de equipe Martin Whitmarsh apenas confirmou que existe um contrato a ser cumprido entre as partes e não confirmou a troca.

Martin Whitmarsh desmentiu o acerto com a Honda para 2015 (Foto: McLaren)

“Posso dizer que estamos com elas [a Mercedes] há um longo tempo. Temos um contrato e temos conversado. Não há nada para anunciar no momento. Temos um contrato que cobre as três próximas temporadas e, certamente, estaremos com a Mercedes no próximo ano. Temos uma longa e bem sucedida parceria com eles”, afirmou o principal dirigente da McLaren ao site da publicação.

Para 2014, Ferrari, Mercedes e Renault estão confirmadas para fornecerem os motores às equipes da F1. Mesmo reafirmando o compromisso entre Mercedes e McLaren, Whitmarsh lembrou que é importante para a categoria ter novas empresas desenvolvendo os propulsores.

“Nós lemos as histórias sobre Porsche, Hyundai e Honda, e acho que eles devem ser encorajados [a entrar na F1]. O esporte precisa de novos fabricantes entrando e, se podemos ajudar, vamos fazer isso. Mas, no momento, estamos focados em nossa parceria [com a Mercedes], que tem sido muito boa. Estamos focados em tentar vencer campeonatos com eles no futuro”, disse.

A Honda esteve com o time inglês em 80 GPs entre 1988 e 1992 e formou uma das mais vitoriosas parcerias da F1. O retorno da dupla McLaren-Honda vem sendo noticiado desde o ano passado e ganhou força nas últimas semanas, com o chefe de equipe da McLaren vindo a público negar as informações. O novo acerto está pronto para acontecer em 2015, segundo as informações divulgadas recentemente.

Entre 1987 e 1991, a Honda esteve envolvida em cinco títulos entre pilotos (um de Nelson Piquet, um de Alain Prost e os três de Ayrton Senna) e mais seis de Construtores (dois com a Williams e quatro com a McLaren). A fornecedora deixou a F1 em 2008 e alegou a forte crise financeira para abandonar a categoria.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube