Sem dinheiro da Quantum, chefe da Lotus admite que time precisa do suporte financeiro de Maldonado

Chefe da Lotus, Eric Boullier ainda acredita que o dinheiro da Quantum vai cair na conta de Enstone. Dirigente, entretanto, admitiu que o time preto e dourado precisa do suporte financeiro de Pastor Maldonado

Eric Boullier, chefe da Lotus, nunca escondeu sua preferência por Nico Hülkenberg, mas acabou vencido pelas dificuldades financeiras e viu o time fechar com Pastor Maldonado, que traz no pacote um bom suporte financeiro da petrolífera PDVSA.
 
O time de Enstone chegou a anunciar um acordo financeiro com o grupo Quantum, que seria o suficiente para pagar as dívidas da equipe e investir no bólido de 2014, mas a verba nunca chegou às mãos do time. 
Boullier reconheceu que Lotus precisa do dinheiro de Maldonado (Foto: Lotus)
Apesar da demora na finalização do acordo com a Quantum, Boullier disse em entrevista à emissora britânica Sky que ainda espera ver o dinheiro do grupo de investidores na conta de Enstone. “Nós ainda estamos confiantes de que algo vai acontecer”, comentou. “Mas o tempo é um problema”, reconheceu.
 
“Obviamente, tem um suporte financeiro com Pastor, que, neste momento, nós podemos precisar. E, infelizmente, como eu disse antes, o tempo é um problema”, reforçou. “Agora nós temos de entregar um carro em menos de oito semanas”, continuou. 
 
Mesmo reconhecendo que o time precisa do dinheiro da PDVSA, Boullier avaliou que não é correto classificar Maldonado como piloto pagante, uma vez que o venezuelano conquistou uma pole e uma vitória com a Williams no ano passado.
 
“Talvez ainda tenha algum acerto fino para fazer nele”, ponderou. “Acho que só precisamos ter certeza de que ele mantenha o foco – na verdade, nós tivemos problemas similares com Romain [Grosjean] no ano passado”, recordou. 
 
“Tenho certeza de que com um suporte adequado e um time ao lado dele, podemos fazer algo bom com Pastor”, concluiu. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube