F1
15/06/2015 13:45

Sem entender críticas dos fãs a economia de combustível nas corridas, Hamilton diz que dar volta voadora “é mais fácil”

Depois de um GP do Canadá em que os pilotos foram alertados diversas vezes sobre o consumo de combustível, Lewis Hamilton afirmou que, na verdade, isso exige muito mais técnica do que uma volta lançada
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Lewis Hamilton precisou de uma única parada neste domingo em Montreal (Foto: AP)
Lewis Hamilton acredita que se critica a necessidade de economizar combustível nas corridas por falta de noção do que se passa dentro do carro.

O bicampeão mundial destacou como a técnica exigida dos pilotos para tal prática complica demais o trabalho. E ele não fica frustrado por não poder andar no limite, mas, sim, preocupa-se é em ser o melhor na condição que é imposta atualmente.
Lewis Hamilton foi administrando a condição de seu carro e a vantagem para Rosberg do início ao fim do GP do Canadá, disputado em 7 de junho (Foto: AP)
"Não me incomoda de forma alguma", disse Hamilton à BBC sobre o assunto, que chamou a atenção no GP do Canadá. Com as muitas retas do circuito de Montreal, os carros chegaram à bandeirada quase sem combustível. Desde o ano passado, os carros são limitados a 100 kg de gasolina por corrida. Nas voltas finais no Canadá, um gráfico exibido pela transmissão da FOM mostrou que o britânico tinha apenas 3 kg restando no tanque.

"É o nome do jogo. Quando eu ouço, eu tento fazer melhor do que todos atrás de mim. Simples assim", continuou Hamilton.

"Eu não entendo [a frustração dos fãs]. Imagino que as pessoas não entendam. Ainda estamos atacando, mas temos que usar essa técnica de levantar o pé para otimizar isso. É apenas um estilo diferente de pilotagem. Se você erra, pode perder muito tempo e travar as rodas", destacou.

"Para falar a verdade, é mais fácil para mim dar voltas voadoras", encerrou o dono de 44 pole-postions no Mundial de F1. Neste fim de semana, na Áustria, ele pode empatar a marca de Sebastian Vettel, terceiro no ranking de poles na história da categoria.