Sem favoritismo no Bahrein, Mercedes tem carro “tóxico”? Jornalistas discutem

Afinal, a Mercedes é "tóxica" e uma "pequena diva'? Evelyn Guimarães e Gabriel Curty debateram os problemas apresentados pelo W12 antes do início da temporada

A Fórmula 1 divulgou uma simulação de volta no mais novo circuito de rua da Fórmula 1, Jidá, na Arábia Saudita (Vídeo: Fórmula 1)

Pela primeira vez em muito tempo, a Mercedes chega para a abertura da temporada da Fórmula 1 sem o favoritismo exacerbado dos últimos anos. Com problemas na pré-temporada e indicações pessimistas por parte do alto escalão da equipe, Evelyn Guimarães, Gabriel Curty e Victor Martins debateram no Paddock GP #231 se o W12 é um carro “tóxico” e uma “pequena diva“, conforme apontado pelo chefe de equipe Toto Wolff.

Assista ao trecho completo abaixo:

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Band se prepara para transmitir F1 até champanhe acabar’

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube