Sem Hamilton, Mercedes tinha em Pérez plano B para lugar de Schumacher, diz revista

As boas apresentações na temporada de 2012 deixaram Sergio Pérez bem cotado no mercado da F1. Muito especulado para defender a Ferrari e contratado pela McLaren, o mexicano também esteve nos planos da Mercedes

De acordo com a revista alemã ‘Auto Motor und Sport’, Sergio Pérez seria procurado pela Mercedes caso a negociação com Lewis Hamilton não avançasse. Ou seja, manter Michael Schumacher era a terceira opção dos alemães para a temporada de 2013.

O jornalista Michael Schmidt, autor da matéria, usou da retórica para comentar as decisões tomadas pela Mercedes. “Por que jogar pôquer até outubro se a melhor hora para estender o contrato já havia passado?”, questionou. “Se ele tivesse assinado depois da classificação em Monte Carlo, Hamilton nunca seria cogitado”, cravou. O contrato de Schumacher previa uma opção de decisão unilateral do piloto, válida até o início do verão europeu.

Sergio Pérez tornou-se um dos pilotos mais cobiçados do grid da F1 (Foto: Sauber)

Ainda segundo a publicação, a chegada de Hamilton contribuiu para convencer os dirigentes da montadora a aderir ao novo Pacto de Concórdia da F1, que os executivos germâncos assinaram apenas na última sexta-feira.

Schmidt afirmou que a tarefa de convencer os chefões da Mercedes, cumprida por Ross Brawn, Norbert Haug e Niki Lauda, se tornou mais fácil quando os nomes de Hamilton ou Pérez foram colocados em discussão. O nome do consagrado heptacampeão mundial, porém, não atraiu tanto como outrora.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube