F1

Sem pagamento, Manor encerra vínculo de Haryanto e anuncia contratação de Ocon para formar dupla com Wehrlein

A Manor anunciou nesta quarta-feira (10) que encerrou o contrato de Rio Haryanto, uma vez que o piloto não conseguiu cumprir suas obrigações contratuais. O time de Banbury ofereceu ao piloto da Indonésia o posto de reserva, com Esteban Ocon chegando para ocupar a vaga ao lado de Pascal Wehrlein
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Rio Haryanto (Foto: Getty Images)
A passagem de Rio Haryanto pela F1 chegou ao fim. Pelo menos por enquanto. A Manor anunciou na manhã desta quarta-feira (10) que encerrou o contrato com o Indonésio e contratou Esteban Ocon para formar dupla com Pascal Wehrlein.
 
O time de Banbury alegou que o contrato de Haryanto foi encerrado uma vez que o piloto não conseguiu cumprir suas obrigações contratuais. Rio tinha levantado dinheiro apenas para disputar metade da temporada 2016, mas não conseguiu o restante do montante de que necessitava.
 
A Manor, entretanto, não deixou Haryanto completamente de lado. A escuderia ofereceu ao piloto o posto de reserva nas próximas nove etapas do Mundial.
Esteban Ocon vai guiar pela Manor no restante da temporada da F1 (Foto: DTM)
“Rio foi um membro muito valioso para o nosso time desde janeiro, quando assinamos um contrato com ele para esta temporada. Há algum tempo, o agente dele indicou que eles estavam passando por dificuldades para honrar as obrigações daquele contrato além do GP da Hungria”, contou Dave Ryan, diretor de corridas da Manor. “O time de Rio trabalhou sem descanso para tentar resolver essa situação com apoiadores indonésios e nós apoiamos esse esforço o máximo possível, incluindo permitindo que Rio corresse na Alemanha. Infelizmente, chegamos a um ponto em que, pelo melhor interesse do time, somos forçados a oferecer outras opções para o restante da temporada”, seguiu.
 
“Nós estamos muito felizes em continuar a apoiar as ambições de F1 de Rio, oferecendo a ele o posto de piloto reserva no restante da atual temporada. Nós esperamos que ele aceite essa oferta”, completou.
 

Pouco depois, a Manor confirmou a chegada de Ocon para formar dupla com Wehrlein. Esteban fará sua estreia no GP da Bélgica, marcado para 28 de agosto.
 
Campeão da F3 em 2014 e da GP3 em 2015, Ocon era reserva da Renault, além de defender a Mercedes no DTM.
 
“Nós estamos muito satisfeitos por receber Esteban na Manor para o restante da temporada. Ele é, claramente, uma das estrelas em ascensão da F1, brilhando em seu papel de piloto reserva com a Renault, enquanto também compete no DTM com a Mercedes neste ano”, celebrou Ryan. “Nosso time fez progressos significativos em 2016, incluindo terminar nos pontos pela primeira vez na Áustria no mês passado. Nós precisamos manter nosso ritmo de desenvolvimento para podermos atingir nossas ambições, não só para esta temporada, mas também em longo prazo, então o calibre do substituto é chave. Nós estamos confiantes de que quando Esteban fizer sua estreia em Spa, nós teremos um line-up muito potente que vai lutar com nossos competidores diretos no resto da temporada”, apostou.
 
Ocon, por sua vez, não escondeu a empolgação pela estreia, especialmente por fazer sua primeira corrida em Spa-Francorchamps.
 
“Estou muito empolgado em fazer minha estreia nos GPs com a Manor no fim do mês, e em Spa, de todos os circuitos, que é o segundo melhor depois da minha corrida de casa. Estou pronto para este empolgante passo à frente, graças à experiência que ganhei como reserva da F1 nesta temporada”, declarou Ocon. “Gostaria de agradecer à Renault Sport F1 e a Mercedes-Benz por trabalharem juntas para fazer isso acontecer, e a Manor pela oportunidade, que vou agarrar com as duas mãos. Já visitei o Centro Técnico da Manor para fazer o molde do banco e para conhecer o time, então estaremos prontos para correr depois da pausa de verão. Eles fizeram um ótimo trabalho esta temporada e eu estou empolgado por ter sido escalado para ajudá-los a continuar progredindo. Mal posso esperar para começar”, completou.
 
Diretor da Renault, Cyril Abiteboul destacou que o fato de Ocon estar ao lado de um companheiro forte com Wehrlein vai permitir que a fábrica francesa faça uma avaliação melhor de sua performance.
Manor ofereceu para Rio Haryanto o posto de reserva (Foto: Getty Images)
“Esteban se juntando a Manor para as últimas nove corridas da temporada demonstra a excelente relação que os dois times — Renault Sport F1 e Mercedes-Benz — mantém há vários anos”, falou Abiteboul. “É uma oportunidade incrível para Esteban acumular quilometragem e experiência de corrida em um time jovem, estável e profissional. Esteban vai enfrentar um bem cotado e rápido companheiro de equipe, o que vai nos permitir avaliá-lo em um ambiente representativo. Espero que essa experiência seja de grande valor para ele e para a Renault em um futuro breve”, continuou.
 
Chefe da Mercedes, Toto Wolff comemorou a chance dada a Ocon e avaliou que a Manor é o lugar ideal para um jovem talento se desenvolver. 
 
“Nós estamos muitos satisfeitos por esta oportunidade ter aparecido para Esteban, que a Manor mais uma vez teve a confiança de dar uma chance a um jovem promissor e talentoso e que a boa cooperação entre Mercedes-Benz e Renault permitiu que isso acontecesse”, disse Wolff. “Nós vimos este ano que, nas circunstâncias certas, o carro da Manor é capaz de pontuar. A Manor é simplesmente o ambiente certo para um jovem piloto ter sua primeira experiência na F1: uma equipe pequena e profissional que está em uma tendência positiva e onde o piloto pode fazer uma diferença real. Esteban fez um trabalho excepcional com a Mercedes no teste de Silverstone e nós estamos empolgados para vê-lo dar seus primeiros passos em um ambiente de corrida na F1”, encerrou.
PADDOCK GP #41 ABORDA F1, MOTOGP, OLIMPÍADA E MORTE DE CLAUSON