Sem “truques de mágica” para salvar pódio, Vettel diz que Massa fez bom trabalho apesar de “pequenos erros”

Vítima de um pit problemático, Sebastian Vettel perdeu muito tempo nos boxes, além de uma posição para Felipe Massa. O tetracampeão conseguiu diminuir a diferença para o brasileiro, mas não teve a oportunidade de retomar a última posição do pódio

#GALERIA(5357)
O que poderia ser um pódio tranquilo de Sebastian Vettel acabou se transformando em um amargo quarto lugar no GP da Áustria deste domingo (21). Vítima de um pit-stop problemático da Ferrari, o tetracampeão voltou à pista atrás de Felipe Massa e não conseguiu reverter a situação.
Perguntado pela Sky Sports sobre uma possível ultrapassagem nas últimas voltas, Vettel descartou. Segundo o alemão, Massa soube se defender bem.
 
“Se a corrida fosse significativamente mais longa, talvez sim, mas ele fez um bom trabalho. Cometeu pequenos erros, mas nada demais. Sabemos que a Williams provavelmente é um dos carros mais difíceis de passar e tinha um bom ritmo. Estava tentando criar algo, mas não aconteceu. Fiquei sem truques de mágica”, avaliou.
Vettel perdeu o pódio para Felipe Massa (Foto: AP)
O quarto lugar de Vettel representa um fim de prova melancólico para a Ferrari. A equipe italiana, que chegou ao Red Bull Ring com esperanças de bater de frente com a Mercedes, voltou para casa com um forte acidente de Kimi Räikkönen logo na segunda curva e um pódio perdido por causa de um pit lento.
 
Mesmo assim, Vettel não pensa que a situação da Ferrari é ruim. O alemão afirmou que o carro rendeu tão bem quanto vinha rendendo antes – foi apenas um fim de semana normal para os carcamanos.
 
“Acho que o carro estava bom, mas provavelmente os outros conseguiram encontrar um pouco e isso torna simples de explicar. A Mercedes, desde que tem o novo motor, consegue usar seu modo de potência máxima com mais frequência na corrida. E a Williams tem o mesmo motor. Neste sentido, sem surpresas”
 
A próxima etapa do Mundial de F1 acontece dentro de duas semanas, em Silverstone, na Inglaterra. No ano passado, Lewis Hamilton venceu com a Mercedes.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube