Senna classifica dia como positivo na Coreia, mas espera melhora da Williams na qualificação

Piloto brasileiro só teve o carro na segunda sessão de treinos livres, algo comum nesta temporada, mas, assim como em Suzuka, foi o melhor da Williams no dia ao finalizar o dia na 12ª colocação

Como virou rotina na temporada, Bruno Senna só teve o carro na segunda sessão de treinos livres em Yeongam, palco do GP da Coreia, nesta sexta-feira (12), mas conseguiu ficar à frente dos companheiros de equipe, Pastor Maldonado e Valtteri Bottas, e encerrou o dia na 12ª colocação. Apesar de discreto durante toda sessão, o piloto classificou o dia como positivo, mesmo com apenas uma hora e meia de treino.

“Foi um dia produtivo para mim. Não andar na primeira sessão não foi o ideal porque não estou tão familiarizado com a pista e fui prejudicado pela chuva nos últimos dois anos. Mas, em resumo, acho que temos uma boa ideia da direção que podemos tomar para melhorar”, explicou o brasileiro que, como no Japão, foi o melhor da equipe na soma dos tempos dos dois treinos livres.

Senna espera largar em uma posição melhor do que no Japão, quando foi apenas 16º (Foto: Red Bull/Getty Images)

Senna acredita em um final de semana difícil para a Williams, mas acredita que, caso a equipe melhore, existe uma chance de largar em uma boa colocação no grid de largada da prova que acontece neste final de semana.

“Vai ser muito difícil. Podemos ver que, com pouco combustível, alguns carros são mais rápidos do que outros. Temos de melhorar isso, mas estou confiante de que podemos largar na parte de cima do grid”, finalizou o piloto, que visa melhorar o desempenho que teve em Suzuka, quando largou apenas na 16ª colocação e acabou a prova duas posições acima, no 14º posto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube