Senna revela falha no Kers durante treino e classifica fim de semana em Abu Dhabi como pesadelo

Bruno Senna afirmou que não está satisfeito com o trabalho da Williams na Marina de Yas. Por causa dos problemas no carro, o brasileiro disse que a equipe está andando em círculos, sem conseguir progredir

► Por falta de combustível, Vettel é desclassificado e larga na última posição no GP de Abu Dhabi

Depois de voltar a marcar pontos no GP da Índia, disputado na última semana, Bruno Senna está enfrentando um fim de semana complicado, em Abu Dhabi. Após conquistar a 15ª colocação para o grid de largada, neste sábado (3), o brasileiro classificou a antepenúltima etapa da temporada como um pesadelo e afirmou que a Williams está andando em círculos com tanto problema para resolver.

“Foi um pesadelo o fim de semana inteiro até agora, com mais problemas”, disse o piloto brasileiro. “No começo da classificação, meu Kers quebrou, então teve que mudar as barras de freio. Aí, de repente, ele voltou a funcionar, então você nunca consegue fazer mais e mais. Só vai para trás e para frente”, declarou.

Bruno Senna lamentou os problemas da Williams em Abu Dhabi (Foto: Gillette)

Apesar da frustração, Senna afirmou que o resultado não foi tão ruim justamente por causa dos problemas. “Dentro das condições, 0s3 atrás do Pastor não é nada de péssimo, mas estou desapontado, claro que queria estar mais para frente, então vamos ver a corrida”, avaliou.

Bruno também foi questionado se sente pressionado por ter o futuro incerto na F1. “Você não pensa nisso durante o treino. Eu penso no que está acontecendo durante o final de semana”, respondeu.

“Eu estava tentando resolver os problemas que a gente teve. Alguns finais de semana são melhores, outros são piores. O meu último foi tudo ótimo, e este está difícil, mas tem amanhã ainda pela frente”, completou o brasileiro.

Durante a semana, o Grande Prêmio e o colunista da Warm Up Américo Teixeira Jr. revelaram que a Williams já informou a Senna que ele não está nos planos da equipe para 2013 e, por isso, está livre para negociar com outros times.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube