F1

Sette Câmara celebra aparição com McLaren no teste da F1 em Barcelona e foca em “abrir oportunidades”

Sérgio Sette Câmara, confirmado no teste coletivo da Fórmula 1 em Barcelona pela McLaren, quer abrir novas portas. É a segunda chance do brasileiro com um carro da categoria, três anos após aparição com a Toro Rosso

Grande Prêmio / Redação GP, de Berlim

 
Sérgio Sette Câmara segue com compromissos em Barcelona após a rodada da Fórmula 2. A McLaren confirmou o brasileiro como um dos pilotos no teste coletivo da semana. Para Sette Câmara, é uma bela chance: depois de muita quilometragem no simulador da equipe britânica, o piloto se depara com a chance de ir “efetivamente” à pista e mostrar serviço.
 
“Estou realmente animado com o convite de participar do meu primeiro teste com o carro da McLaren”, disse Sette Câmara. “Tenho trabalhado de forma muito intensa no simulador e acredito que o meu desempenho na sede da equipe me deu esta chance de ir, efetivamente, para a pista”, apontou.
Sérgio Sette Câmara volta a guiar um carro de F1 (Foto: FIA Fórmula 2)
Para Sette Câmara, trata-se de uma oportunidade que pode abrir ainda mais portas em caso de sucesso – no caso, agir de acordo com as funções atribuídas pela McLaren.
 
“Dentre as coisas o que o time me pediu para a manhã desta quarta-feira estão a adaptação e controle de todos os comandos do carro, troca de informações e feedback para os engenheiros e, logicamente, executar as determinações nos períodos solicitados. Será uma oportunidade legal de mostrar o meu desempenho efetivamente na pista e, quem sabe, abrir novas oportunidades de pista para um futuro próximo”, comentou.
 
O teste é o segundo de Sette Câmara com um carro de F1. A primeira chance veio em 2016, quando ainda era piloto do programa de desenvolvimento da Red Bull. O laço permitiu um teste com a Toro Rosso em Silverstone.
 
O teste coletivo da Fórmula 1 acontece na terça e na quarta-feira. Sette Câmara guia apenas na manhã da quarta-feira, cedendo o carro a Oliver Turvey durante a tarde.
 
Sette Câmara segue com a F2 como foco principal. O brasileiro teve um fim de semana difícil em Barcelona, fechando as duas corridas sem pontuar.