Smedley coloca pilotos como peças-chave do projeto da Williams e diz que Massa passa “experiência e calma” ao time

Rob Smedley afirmou que o brasileiro Felipe Massa é um dos principais pilares da reconstrução da Williams na F1: “Sabe o que quer do carro e sabe a direção em que deve orientar o time”

A Williams confirmou, no último fim de semana, a manutenção da mesma dupla de pilotos para a temporada 2014. A decisão reflete o contentamento do time de Grove com o trabalho de Felipe Massa e Valtteri Bottas no campeonato deste ano. Ao comentar sobre a continuidade do trabalho, Rob Smedley destacou a evolução de Bottas e, principalmente, o papel que Massa tem no desenvolvimento da escuderia.

Massa conquistou seu primeiro pódio com a equipe apenas no GP da Itália, 13ª etapa, ao passo que Bottas já levou quatro troféus para casa. Entretanto, o brasileiro vem sendo fundamental para o trabalho como um todo, de acordo com Smedley.

De contrato renovado, Bottas ressalta confiança na Williams
FIA confirma calendário da F1 2015 com 20 etapas
Felipe Massa está sendo muito importante no trabalho realizado nos bastidores da Williams, de acordo com Rob Smedley (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
   PEDRO HENRIQUE MARUM
Chegou o dia da estreia da F-E. E aí, quem leva primeiro título?
   
  icone_warmup LIGADA NA TOMADA
F-E deixa nuvem do abstrato e chega com vários pilotos da F1 sem querer ser a F1
   
   icon_gp EXPECTATIVA ALTA
Senna afirma que F-E tem tudo para dar certo: 'Vai ser um sucesso'
   
  icon_gp EMBAIXADOR E FAVORITO
Di Grassi mostra ansiedade para início da temporada e faz projeção

Além disso, o entrosamento entre os dois titulares é “excelente”, segundo o engenheiro inglês.

“Nós temos dois pilotos na equipe que se dão muito bem. Ambos são muito, muito rápidos. Valtteri vem aprendendo corrida a corrida e se tornando cada vez melhor. Felipe traz toda essa experiência e traz calma à equipe, o que é muito bom. Ele sabe o que quer do carro e sabe a direção em que deve orientar o time”, declarou Smedley. “Por isso, eles estão fazendo um grande trabalho. É excelente. É o que precisamos.”

“E, depois, temos um grupo de pessoas aqui que é muito bom, e isso faz com que o trabalho seja muito melhor. Só precisamos juntar tudo isso, e é o que estamos fazendo. Nós tivemos algumas conquistas. Sabemos que o nosso carro é forte, mas também conhecemos os nossos pontos fracos. Sabemos que estamos em uma boa posição, mas ainda não é onde queremos estar. Nós queremos estar na frente e dominar”, asseverou.

A Williams ocupa a terceira posição no Mundial de Construtores com 15 pontos de vantagem para a Ferrari. Embora já tenha sonhado em superar a Red Bull para lutar pelo vice, concorda que a meta mais realista neste momento é se manter à frente da equipe italiana.

Na disputa pelo título de Pilotos, Bottas é o quarto com 122 pontos, um a mais que o bicampeão Fernando Alonso, e Massa está em oitavo lugar com 55.

 Com baterias carregadas, F-E abre temporada inaugural sob grande pressão de não poder falhar

"Não podemos falhar." Foi essa a frase mais emblemática do homem forte da F-E, Alejandro Agag, ao documentário "Formula E: Baterias Carregadas", produzido pelo NatGeo britânico, que retratou o parto e os primeiros passos da nova categoria.
 
O sentimento de Agag não é estranho. O automobilismo é um esporte atrasado num tempo em que a sustentabilidade ambiental, encontros internacionais para diminuição na liberação de gases nocivos ao meio ambiente e protocolos empurram a sociedade do Século XXI num rumo de conscientização ambiental; o automobilismo, não: este ainda pensa em queima de combustível e em ronco alto, como mostrou a polêmica na F1 quando o som do motor V6 turbo não agradou.

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.
 

 Qual sua expectativa para o campeonato da F-E e quem é o favorito ao título?

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube