Speed trap: confira as velocidades máximas de cada piloto durante GP da China, terceira etapa da temporada 2018 da F1

Kimi Räikkönen aferiu a maior velocidade final deste domingo de GP da China. O piloto da Ferrari, terceiro colocado na prova, marcou 343,8 km/h. No outro oposto da tabela, surpreende a posição de Lewis Hamilton. Em último, o tetracampeão cravou apenas 320,4 km/h

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A maior velocidade final registrada durante o GP da China, terceira etapa da temporada 2018 do Mundial de F1 neste domingo (15), ficou com Kimi Räikkönen. O ‘Homem de Gelo’, que terminou em terceiro lugar na prova em Xangai, marcou 343,8 km/h na sua melhor passagem no ponto de aferição localizado no fim da grande reta, com quase 1,2 km de extensão.

 
Romain Grosjean, que também conta com um motor Ferrari empurrando a sua Haas, ficou perto e cravou 342,9 km/h como melhor velocidade final. Sergio Pérez, da Force India impulsionada pelo motor Mercedes, também rompeu a barreira de 340 km neste domingo. O mexicano foi seguido pelo seu companheiro de equipe, Esteban Ocon, e pela Renault de Carlos Sainz.
Kimi Räikkönen cravou a maior velocidade final do GP da China (Foto: Ferrari)
A tabela do speed trap sugere uma evolução nítida do motor Honda em termos de performance. Sexto colocado na lista, Pierre Gasly cravou 339,5 km/h como maior velocidade final a bordo da Toro Rosso, enquanto Brendon Hartley, 12º na relação, cravou 333,2 km/h.
 
Fernando Alonso, com sua McLaren empurrada pelo motor Renault, aferiu 334,6 km/h na sua melhor passagem, ficando logo atrás de Max Verstappen, sétimo. Nico Hülkenberg e o vencedor e piloto do dia, Daniel Ricciardo, também alcançaram a casa de 334 km/h.
 
Sebastian Vettel não primou pela velocidade final de reta, é o que sugere a tabela deste domingo. O alemão ficou apenas em 17º na lista ao aferir 329,4 km/h como melhor marca pessoal. 
 
Seb só terminou à frente da Williams de Sergey Sirotkin, da Sauber de Charles Leclerc e, surpresa: da Mercedes de Lewis Hamilton. O britânico não passou dos 320,4 km/h de velocidade final, quase 7 km/h mais lento que a marca aferida por Leclerc.

F1 2018, GP da China, Xangai, speed trap: 

1   7 Kimi RÄIKKÖNEN 343,8
2   8 Romain GROSJEAN 342,9
3   11 Sergio PÉREZ 340,9
4   31 Esteban OCON 339,9
5   55 Carlos SAINZ JR 339,6
6   10 Pierre GASLY 339,5
7   33 Max VERSTAPPEN 335,6
8   14 Fernando ALONSO 334,6
9   27 Nico HÜLKENBERG 334,5
10   3 Daniel RICCIARDO 334,3
11   77 Valtteri BOTTAS 333,2
12   28 Brendon HARTLEY 333,2
13   9 Marcus ERICSSON 332,4
14   20 Kevin MAGNUSSEN 331,2
15   18 Lance STROLL 330,3
16   2 Stoffel VANDOORNE 329,8
17   5 Sebastian VETTEL 329,4
18   35 Sergey SIROTKIN 328,1
19   16 Charles LECLERC 327,3
20   44 Lewis HAMILTON 320,4
”O IMPORTANTE NÃO É SÓ LEVAR DINHEIRO”

SETTE CÂMARA TRAÇA F1 COMO META E MIRA CARREIRA SÓLIDA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube