Speed trap: confira velocidades máximas de cada piloto durante GP da Austrália de F1

Dono da segunda volta mais rápida do GP da Austrália, Jean-Éric Vergne aferiu a maior velocidade máxima dentre os 21 pilotos que disputaram a prova. O piloto da Toro Rosso alcançou 310,7 km/h. Fernando Alonso andou 2 km/h mais lento que Vergne no fim da reta

Dois carros empurrados por motor Ferrari foram responsáveis pelas maiores velocidades máximas alcançadas no GP da Austrália, primeira prova da temporada 2013 da F1. A organização da etapa definiu o fim da reta dos boxes como ponto de aferimento das velocidades em Albert Park. Assim, já no fim da corrida, Jean-Éric Vergne alcançou 310,7 km/h com seu Toro Rosso STR8.

Vergne alcançou a maior velocidade final no trecho do fim da reta dos boxes em problema (Foto: Getty Images)

Fernando Alonso, segundo colocado na corrida deste domingo (17), também foi o segundo na tabela das velocidades máximas da corrida, sendo 2 km/h mais lento que Vergne no ponto de aferimento. Adrian Sutil, sétimo lugar na Austrália e responsável por liderar 11 voltas, fechou a tabela de velocidades em terceiro com seu Force India VJM06 empurrado pelo motor Mercedes.

Em contrapartida, a Mercedes parece ter utilizado o treino para realizar simulações de corrida. Lewis Hamilton e Nico Rosberg registraram as duas parciais de velocidade mais baixas no Albert Park, sempre andando abaixo de 300 km/h/.

F1, GP da Austrália, Melbourne, speed trap:

 
 
 
km/h
1
Jean-Éric VERGNE
 
310.7
2
Fernando ALONSO
 
308.7
3
Adrian SUTIL
 
307.4
4
Pastor MALDONADO
 
306.9
5
Kimi RÄIKKÖNEN
 
306.9
6
Felipe MASSA
 
306.8
7
Valtteri BOTTAS
 
306.2
8
Esteban GUTIÉRREZ
 
306.0
9
Sergio PÉREZ
 
306.0
10
Daniel RICCIARDO
 
305.9
11
Paul DI RESTA
 
305.8
12
Sebastian VETTEL
 
305.6
13
Max CHILTON
 
305.5
14
Charles PIC
 
304.7
15
Mark WEBBER
 
304.5
16
Romain GROSJEAN
 
304.3
17
Giedo VAN DER GARDE
 
304.2
18
Jules BIANCHI
 
302.6
19
Jenson BUTTON
 
300.5
20
Lewis HAMILTON
 
299.1
21
Nico ROSBERG
 
295.0

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube