Speed trap: confira velocidades máximas de cada piloto durante GP de Cingapura, 13ª etapa do Mundial de F1 em 2015

Pastor Maldonado foi o piloto que atingiu a maior velocidade do GP de Cingapura, disputado neste domingo (20), na pista de rua de Marina Bay. O venezuelano da Lotus alcançou a marca de 303,1 km/h. O segundo registro ficou com Valtteri Bottas, em 301,6 km/h

Coube a Pastor Maldonado registrar a maior velocidade do GP de Cingapura, a corrida realizada neste domingo (20) nas ruas de Marina Bay. O piloto de 30 anos, que teve seu vínculo renovado com a Lotus neste fim de semana, atingiu a marca de 303,1 km/h.

A segunda colocação da tabela do speed trap ficou com outro carro empurrado pelos fortes motores da Mercedes. Valtteri Bottas, da Williams, obteve 301,6 km/h, pouco a mais que Kimi Räikkönen, da Ferrari, o terceiro colocado.

Pastor Maldonado registrou a maior velocidade máxima do GP de Cingapura (Foto: AP)

A quarta posição também ficou com um modelo que usa os motores italianos. Felipe Nasr, que fechou a prova asiática em décimo, obteve registro igual ao do finlandês: 301,4 km/h.

Com 300,7 km/h, o espanhol Carlos Sainz fechou a lista dos cinco melhores e misturou a Renault com os ponteiros. O vencedor da corrida, Sebastian  Vettel, registrou apenas a 13ª melhor marca.

F1, GP de Cingapura, Marina Bay, Speed trap:

      km/h
1 13 PASTOR MALDONADO 303,1
2 77 VALTTERI BOTTAS 301,6
3 7 KIMI RÄIKKÖNEN 301,4
4 12 FELIPE NASR 301,4
5 55 CARLOS SAINZ JR 300,7
6 19 FELIPE MASSA 300,4
7 11 SERGIO PÉREZ 300,0
8 33 MAX VERSTAPPEN 299,3
9 9 MARCUS ERICSSON 299,1
10 6 NICO ROSBERG 298,1
11 27 NICO HÜLKENBERG 297,4
12 26 DANIIL KVYAT 297,1
13 5 SEBASTIAN VETTEL 295,2
14 8 ROMAIN GROSJEAN 295,0
15 44 LEWIS HAMILTON 293,7
16 22 JENSON BUTTON 289,7
17 3 DANIEL RICCIARDO 289,0
18 14 FERNANDO ALONSO 286,0
19 53 ALEXANDER ROSSI 281,1
20 28 WILL STEVENS 280,5

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube